"Epic quer que a gente seja o Android, mas nós não", diz Apple em julgamento

1 curtida

Essa afirmação da Apple é verdadeira, mas não do jeito que ela faz entender. O usuário teria mais opções e ao mesmo tempo teria mais incidência de malware como acontece em outros sistemas operacionais. Porém, as argumentações da EPIC fazem sentido

1 curtida

Sou totalmente a favor da Epic nesse quesito ai, não sou usuário de IOS e nem cliente da Epic, porém concordo plenamente com o que a Epic colocou como possível monopólio por parte da Apple!

Sou a favor da Apple fazer sim uma revisão dos aplicativos que entram na loja e banir os aplicativos que não são seguros, porém sou contra a política deles de obriga que TODOS os aplicativos usem seu sistema de pagamento e cobrar uma taxa tão alta pra isso!

Uma das coisas que levo em consideração pra isso é que aplicativos como o Spotify por exemplo, tem sua margem reduzida por ter que pagar os 30% ou 15%, seja lá qual for a taxa, enquanto a Apple tem um produto próprio o Apple Music concorrente direto do anterior e que não paga essa taxa, ou seja, eles podem reduzir o preço em 15% por exemplo para brigar com o Spotify mantendo a “mesma margem de lucro” por exemplo!

4 curtidas

Apple fala como se realmente verificasse BEM os apps
Não eles não fazem!

2 curtidas

Concordo contigo.
Não levando em conta o dinheiro envolvido, a complexidade de tomar a decisão de colocar essa opção de pagamentos ao usuário é enorme.
O conhecimento do usuário sobre segurança é nocivo ao próprio usuário. Você percebe pela própria Google Play que tem aplicativo malware e as pessoas instalam sem pesquisar, ou os links que a pessoas clica de e-mails e sites somente seguindo as “orientações”.
Mas os 15% ainda acho muito para as empresas que concorre com Apple diretamente em serviços.
O próprio Spotify sendo referência no seu mercado de música, não tem como concorrer com Apple, com o passar do tempo a Apple Music vai passar o Spotify com melhores integrações, e outras coisas, fora as propagandas da Apple no IOS sobe o Music.

1 curtida

Eu só consigo pensar numa possibilidade de uma empresa ser beneficiada nesse imbróglio todo: a HUAWEI!!
Se ela aplicar taxas menores na sua AppGallery a nível global (exemplo, uns 15%, perante os 30% da Apple), mesmo que a Huawei nunca se torne maior que o Android/Google, não é impossível que ela se torne maior que a Apple novamente.

2 curtidas

Não existe monopólio em propriedade privada, porque ninguém é obrigado a participar da App Store da Apple.

Se ela fechar a loja hoje e banir todos os apps deixando só os dela, é direito dela, a loja é dela, os produtos são dela, quem manda é ela, ponto.

Quem não estiver feliz vai pra concorrência ou monte sua própria estrutura e produtos. Caso contrário, siga as regras do dono do terreno, e pronto.

Ninguém deve ser obrigado a criar espaço pro seu concorrente. É a mesma coisa que a Pepsi processar a Coca-Cola por só vender seu refrigerante dentro da garrafa, quando que poderia ter também 50% de Pepsi dentro. Percebem a insanidade disso?

4 curtidas

E fechar as lojas dos outros?

2 curtidas

A loja está dentro do iOS, que está dentro de um iDevice, que é da Apple? Ela pode fechar e só permitir a App Store, como é hoje, é plenamente legítimo.

É a mesma coisa que você querer abrir um quiosque do Burger King dentro de uma franquia do McDonalds. Apesar de não obrigar o concorrente a vender seu produto, você o obriga a deixar invadir seu espaço.

Claro que o “usuário” (AKA $$$$$) tem preferência. Aham dona Apple, a gente acredita.

2 curtidas

Eu compararia de outra forma.
vc ter a BK e não deixar seus clientes comer seu hambúrguer consumindo bebida de outra loja.

1 curtida

Também é válido, como ter um hospital e não permitir pessoas entrando com roupas de banho. Ou obrigar as pessoas a tirarem o sapato ao entrar na sua casa. Tem “n” exemplos aqui que provam a insanidade desse conceito. Espaço privado, regras privadas.

Quando uma empresa torna gigante demais como a Apple é, ser privada não é mais suficiente, ela tem mais responsabilidade, inclusive, social perante a sociedade, comunidade e usuários e a Apple sabe disso. A Microsoft já perdeu duas vezes para a União Europeia. E até nos Estados Unidos isso de ser privado não é mais absoluto

1 curtida

Ninguém tem dívida com terceiros a menos nos contratos entre as partes. A LG pode ser responsável por criar um monte de desempregados após uma demissão, mas não é problema dela o que ocorre com as pessoas depois do fim do contrato.

É a mesma coisa com a Apple, ela é responsável por banir a Epic de seus sistemas e produtos, mas não é culpa dela a Epic ter prejuízos e afins, mas da própria que não seguiu as regras da dona da casa.

Isso só ocorre porque a justiça Estatal normalmente não reconhece a defesa da propriedade privada, o que abre precedentes extremamente perigosos e cria resultados completamente bizarros que só contribuem para afastar investimentos e progresso.

1 curtida

É a justiça estatal que mais reconhece a propriedade privada e defendem mesmo quando estão errada. Só olhar pra Brumadinho que o estrago do progresso acontece.
E a justiça estatal e a evolução humana que coloca limitações no progresso e pressiona o próprio progresso a evoluir, se não fosse, ainda estaríamos na idade da pedra, com escravidão, crianças esfolada enquanto trabalha, e inúmeras outras coisas que aconteceu, e ainda acontece em países pobres.
Nesse progresso que os 0,1% ( é muito ainda) seria dono de tudo, e inclusive de todas das pessoas, que antes era assim

1 curtida

Fico imaginando quanto a Epic ganhava com o Fortnite no iOS para ela estar numa batalha dessas. Esses 30% devem estar na casa dos milhões… hahaha

Mas sério, a Apple não é uma instituição filantrópica, mas ela já nem precisa de tanta grana. Deveriam reduzir para uns 15-20%. Vai diminuir o lucro? Vai, mas eles já tem MUITA grana e ainda estão sendo mais gananciosos ainda… Não é como se juntar moedinhas mais rápido fosse fazer lá muita diferença. Deixa os devs ganharem mais, uai.

2 curtidas

Menos de 10% do total.
O grosso vem dos consoles, com o PS4 na frente totalizando mais de 45%.

E talvez por ser pouco que eles estão brigando, porque se perderem, o rombo na renda é menor.

2 curtidas

Mas se ganhar, abre uma possibilidade gigante de receita para EPIC

1 curtida

Nos primeiros dois anos a Epic fez 9 bilhões no iOS. Muito acima do que firmas como sensor tower afirmavam, cerca de 3 bilhões.