É arriscado ter apenas um número de celular pra tudo?

Haja dinheiro pra manter tanto número ativo!

1 Curtida

Não necessariamente. Se você não guardou os códigos de segurança que são gerados o processo é um pouco mais burocrático. Se o serviço não acreditar que você é o dono da conta ele pode não fazer.

Edit: Alterei a resposta pois percebi que nem todo lugar é tão rigido assim mais. Quando cadastrei o 2FA anos atrás a maioria avisava que não dava pra recuperar se perder o acesso.

1 Curtida

O WhatsApp parece que ajuda na recuperação de contas roubadas.
Mas o caso o 2FA foi ativado por terceiros.

O FAQ do WhatsApp diz que se isso acontecer, você pode refazer o login, esperar sete dias e fazer de novo. Nisso a pessoa que invadiu a conta fica sem acesso e ele desabilita o 2FA.

O que é um pouco inseguro, mas como o WhatsApp não guarda praticamente nenhuma informação na nuvem deles (exceto os grupos que você está), não é de tanto pior.

Porém se você entrar em contato para fazer isso para uma conta do Google, Microsoft ou afins, eles não vão desligar o 2FA só porque alguém pediu, é um pouco mais burocrático.

Complemento: O Google tem na verdade um procedimento pra recuperar a conta, mas pode demorar dias e vão fazer uma série de perguntas pra tentar saber se você é realmente o dono da conta. Então até dá mas não é tão trivial.

1 Curtida

Sei que em muitas contas vc fica bloqueado se perder o número de celular. Conta Microsoft, por exemplo, gera um código gigante pra vc imprimir e guardar. Em caso de perder o acesso depois de ativar o 2FA. Fica dependendo da boa vontade do suporte de te reconhecer como dono da conta. Sempre que tiver opção, recomendo usar aqueles códigos por aplicativo em vez de SMS. Tipo Google Authenticator, Microsoft Authenticator ou andOTP.

1 Curtida

Adiciona o WinAuth.

No caso do Google, Facebook e Twitter pra mim foi fácil, respondi algumas informações relativas a minha conta e em alguns dias me responderam que desativaram o 2FA. Faz um teste aí e veja você mesmo.

O Authy tem backup dos códigos na nuvem, então não é um problema tão grande. No caso do chip basta resgatar junto a operadora.

Isso é sinceramente preocupante. Nada impede que alguém com conhecimento o suficiente sobre você roube sua conta.

Basta também outra pessoa com acesso a rede da operadora e/ou que consiga enganar um funcionário da operadora para tomar controle do seu numero também.

1 Curtida

Já disseram os contras disso (esse processo nem sempre é fácil, gasta tempo, etc).
E se você tem 10 contas atreladas ao mesmo número significa que você vai ter que passar pelo processo de recuperação 10 vezes, o que é um saco.

Enfim, risco existe, falar que não é inocência.
Ter vários número apenas mitiga um pouco esse risco, porque você ainda estará atrelando o acesso de contas e serviços a algo que pode ser roubado sem nem mesmo ter acesso à sua pessoa.

3 Curtidas

3 Curtidas

1 Curtida

Como disseram o risco existe. Mas acho que é menos ruim do que manter várias linhas. Já basta a encheção de saco que apenas uma causa.

Assim depende do que seria arriscado pra você. Não diria arriscado, pois sempre dá pra recuperar o número, pode ser chato as vezes? Muito! Na maioria das contas eu posso esperar o tempo que for pacientemente pra tentar provar que eu sou eu, nas contas mais importantes eu pelo algum familiar pra usar o número dele como segunda opção de verificação de duas etapas. Já não basta a dor de cabeça que uma linha causa, mecher com mais uma ainda. Eu estou bem com a mesma e única linha desde 2008.

2 Curtidas

O E-SIM está vindo para facilitar aquisição de linhas, não sei se futuramente haverá limites de números por CPF ou algo assim, mas talvez seja comum no futuro ter vários números de identificacao.

Por outro lado, o ideal seria unificar, ter apenas um identificador por pessoa, para realmente identificar a pessoa, não seria necessário ter vários “RGs” de Telecom para uma mesma pessoa.

Tenho um número único para mim serve bem, mas… imagino que se um dia esse número se tornar imposssivel de usar de tão bombardeado por scam, talvez tenha que trocá-lo já que não suporto essas ligações de telemarketing e o bloqueador já está lotado.

1 Curtida

Eu sinceramente não vejo muita vantagem em fazer isso.
Você está basicamente se forçando a necessidade de ter acesso a outra pessoa pra você conseguir acessar as suas contas mais importantes?

Fora q tem pessoas que trocam de número como quem troca de cueca. Pelo menos eu conheço alguns assim. E já dizia o ditado “quer algo bem feito, faça vc mesmo”, eu confio na minha família pra certas coisas, mas pra fazer o backup de uma conta, não.

Responder. Eu guardo os código de acesso e os QRCodes em um gerenciador de senhas (KeePass, que é gratuito e open source). Consigo acessar pelo celular e pelo computador. Caso tenha problema com o celular, basta acessar pelo computador e recuperar os acessos.

Eu tenho desde o tempo em que ainda existia BCP e a gente comprava carta de celular para ter linha (sim é vecchio). Hoje tenho mais um número (Nextel Happy), mais pela promoção de dados do que pela linha voz.

Tinha sérios problemas com tlmk mas depois que cadastrei meu número no serviço do Procon em poucos meses a pertubação acabou. Também mantenho um discador que avalia e bloqueia números antes de chegar em mim com base em flags da comunidade que possui o mesmo app.

Me passa o nome desse app pra barrar chamadas de spam :wink:

1 Curtida