Dúvida sobre eSIM nos EUA

Vim passar uns meses de ferias aqui nos EUA, e estou tentando contratar um plano de celular.

Ao informar o IMEI do meu iPhone 13 comprado no Brasil, algumas operadores estão dizendo que o aparelho nao é compativel. Dizem que nem mesmo com o eSim é compativel.

Porem o eSim nao era uma tecnologia pra ser universal ? Compativel com qualquer frequencia de qualquer país ?

Será que vale a pena arriscar, e contratar o plano, mesmo eles dizendo que nao é compativel, e tentar ativar o eSim no meu iPhone ?

Sua pergunta não foi muito clara…
Mas eu vou tentar ajudar.

Vai em qualquer loja da Verizon e diz que quer um SIM Card pré-pago. Custa 50 dólares, te dá direito a usar 10 GB de Internet por 30 dias.

O atendente da loja vai sacar seu SIM atual e colocar o novo… Guarde o SIM atual para usar no Brasil quando voltar.

Não precisa mexer com eSIM… Use o SIM convencional…
Quando você abrir o Whatsapp pela primeira vez, ele vai detectar seu novo Sim Card e vai perguntar se você deseja alterar para o novo número. Você pode responder NÃO, e continuar usando seu número atual por ainda 30 dias.

2 curtidas

em tese, deveria ser, mas pelo jeito, as operadoras americanas têm os mesmos problemas das brasileiras, adoram recusar fazer serviço que a margem de lucro é baixa

eSim não faz magica, teu aparelho segue com as frequencias brasileiras que não são idênticas as dos EUA, 4g deve funcionar, mas o 5g acho que não.

Sinceramente não sei da onde tu tirou essa informação que o eSim vai fazer teu celular funcionar com uma frequencia diferente da que ele foi fabricado para funcionar.

3 curtidas

No final das contas o SIM físico/eSIM é só o método de autenticação pra te identificar na rede. Se as operadorass quisessem dar um username e senha pra colocar nas configs do celular elas poderiam. (boa ideia, eu acho)

2 curtidas

mesmo que não pegue todas as frequências, mas só algumas, não deveria ser motivo de recusar em adquirir um chip no formato e-sim

1 curtida

se o celular não suporta as frequências da operadora, como vai funcionar os dados moveis ou ligações?

1 curtida

todas as frequências?

Porque o 5G pode ter muita diferença dos EUA com BR, mas o 4G tem muito menos

Ai entra a questão de que não quererem lidar com reclamações de pq o sinal tá ruim aqui e ali ou pq não pega 5g em lugar nenhum, só o 4g.

foi o que eu pensei

tava olhando uma tabela sobre o 4G, e na tabela, kkkk parece que fomos excluído da América Latina.

só que a única banda que tem aqui quanto no EUA é a banda 5 do 4G.

Sendo assim, imagino que a compatibilidade caia sobre o celular, e no caso do Norub, se o celular dele possui mais bandas e se é compatível com a rede deles.

1 curtida

O problema é justamente esse. Quando o vendedor consulta o IMEI do meu iPhone no sistema, ele informa que o aparelho nao é compativel.

Eu pensava que o eSim, unificava todas as frequencias, e resolvia esse problema do SIM Card fisico. Mas pelo que o pessoal já respondeu aqui, isso não acontece.

Eu nao sabia disso. Pensei que o eSim unificava todas as frequencias, e resolvia esse problema de compatibilidade do SIM Card fisico. Obrigado pela informaçao !

Mas o Sim card físico não tem esse problema, quem tem é o teu celular. Única maneira de resolver isso seria se a fabricante fizesse um modelo compatível com todas as frequências usadas no mundo, mas isso ia complicar o projeto e encarecer o celular.

mas não seria ruim, para pessoas que vivem viajando, seria uma mão na roda, depender do valor a mais, acho que um diferencial de até 20% não acharia ruim

Na teoria é ótimo, na pratica quase ninguém ia comprar e a fabricante ia desistir do modelo.

Olhando o GSM Arena parece que a versão americana do Iphone tem mais bandas do que a Brasileira, então ele deve funcionar aqui, mas não ao contrario.

1 curtida

faz sentido, o único motivo que vejo seria por marketing, mesmo assim, seria arriscado para não manchar a imagem que a Apple já tem de ser universal (qualquer produto que ela vende aqui, vende em qualquer lugar do mundo)

Tem também a questão do CDMA vs GSM…
Salvo engano, aqui no Brasil só existe GSM, mas nos Estados Unidos a Verizon, por exemplo, usa a tecnologia CDMA (e briga pelo podium de maior operadora com a AT&T, que usa GSM).
Se seu celular é do BR, recomendo ir direto na AT&T ou TMobile Pegar um plano de turista.
Se quiser gastar menos, tem a opção de comprar da Lycamobile. Eles têm planos prépagos e usam a rede da At&T. Único problema é que acaba sendo difícil de achar loja deles/achar o chip para comprar, mas você pode comprar pela internet e mandar entregar no seu hotel antes de viajar :wink:

Se não tiver enganado, do 3G para baixo está desativado

Não sei se ja resolveu seu problema. Mas celulares do Brasil funcionam sim nos EUA.

Va em qualquer MetroPCS que você irá conseguir ativar seu linha em um celular com imei brasileiro.

Onde moro, em Massachusetts, todo mês chega imigrantes com celulares bem velhinhos, como moto g de 2015 aqui e 0 problemas em ativar suas linhas.

Existe sim uma diferença de bandas em celulares comprados no Brasil e e outros Países. Iphone e a maioria dos samsung tem poucas diferenças e isso não irá atrapalhar sua experiência nos eua.

1 curtida

GSM vs CDMA é completamente irrelevante a esse ponto. T-Mobile já desligou a rede CDMA da Sprint, Verizon deve desativar nos próximos anos (e não ativa mais nenhum aparelho CDMA, e os aparelhos CDMA com LTE já tinham as credenciais CDMA no chip).

A questão é mais bandas compatíveis (já que quase todas as bandas usadas no Brasil não se alinham com as americanas) e as operadoras fazendo restrições artificiais (AT&T e Verizon, principalmente).

Tenta a T-Mobile ou a MetroPCS, mas esteja ciente que a T-Mobile usa 600Mhz, banda 71 que os iPhones de fora dos EUA não têm, e isso vai prejudicar sua cobertura.