Droga Raia é criticada por exigir cadastro de impressão digital em farmácias

Essa parece ser uma daquelas leis que não “pegam” por aqui, como as determinações da Anatel, que as operadoras passa por cima sem cerimonia, cada um faz o que quer, e parece que fica isso por isso mesmo.

11 curtidas

Realmente essa é a política da Droga Raia, e já passei pela mesma situação em Londrina-PR! E não é uma mera situação de aceitar ou não, visto que a empresa joga um preço de venda alto a quem não aceita participar do clube, diferença que chega a dar 40% em alguns produtos!! É a situação de que ou você aceita as exigências de entrada, ou vai precisar procurar outra drogaria pela diferença enorme dos preços. E sim, a forma como vem sendo feita fere em tese as normativas da LGPD!

4 curtidas

Biometria é bem cara de pau.
Primeiro pq eles já pedem o CPF há anos e quase todo mundo já deve ter dado - não conferem com a identidade da pessoa pq não querem.
Segundo pq remédio controlado já exige a apresentação de documento e retenção da receita médica, então os dados já vão para o sistema.
Terceiro porque biometria é um problema recorrente, especialmente mais velhos. Minha mãe tinha um problema grande com banco, pq os caixas eletrônicos não pegavam a biometria dela e ela sempre tinha dificuldade de sacar dinheiro. Tem gente q sequer tem biometria, por problemas de saúde…

No final das contas, o desconto nem é tão grande assim. Mas, vão se aproveitar principalmente dos velhinhos e das pessoas mais simples pra fazer isso…

Outro dia fiquei 10 minutos na fila da Drogaria SP pq o velhinho na minha frente não lembrava a senha do cartão para pagar - e só tinha um caixa atendendo…

4 curtidas

Não faz o menor sentido precisar da impressão digital pra verificar se ela faz parte de um simples clube de descontos. Pra isso o CPF mais do que basta, vai da orientação ao atendente pra conferir o documento. Além disso, medicamentos controlados, de uso contínuo ou maior valor normalmente já exigem a retenção da receita médica pra evitar fraudes. A política de desconto nestes casos normalmente parte da fabricante, não das farmácias.

Minha opinião: A Droga Raia está usando a desculpa da LGPD, que ainda é uma tema recente e confuso pra maioria das pessoas, pra coletar informações visando exclusivamente facilitar a vida dela.

1 curtida

Nunca me pediram aqui em Curitiba, embora eu compre quase sempre via app, onde eles já tem o meu CPF ¯\( ツ)/¯. E o pior é que os preços deles, pelo menos aqui, são bem agressivos.

Trabalhei na Raia por 4 anos. Lá, os balconistas são obrigados a anotar o CRM do médico quando a compra é com receita, mesmo não sendo remédio controlado. Quando se passa no caixa, o operador de caixa antes de registar o medicamento, insere o CRM do médico, fazendo essa “amarração”. Depois a empresa faz a tabulação dessa amarração e repassa pros laboratórios, pois essa informação pro laboratório farmacêutico é valiosa, saber qual médico está receitando qual medicamento. Na filial que eu trabalhava, funcionário do balcão ou operador de caixa que fosse flagrado deixando de anotar e/ou registrar o CRM, assinava advertência. Trabalhei na Raia em meados dos anos 90, pra vocês verem como essa máfia já vem de longe.

4 curtidas

É [email protected], agora para aproveitar a oferta de leite no Muffato, tem que fazer o cartão deles (não basta ter o clubefato), fui na loja sábado passado e só conseguia comprar leite na promoção, se tivesse ou fizesse o cartão deles :face_with_symbols_over_mouth:

3 curtidas

Hahahahahaha
Só me faltava essa!!! Tá cada vez mais pulverizado essa fidelização do cartão próprio, incrível!!

Vi a atualização da matéria com as respostas da Droga Raia, q são patéticas, pra ser leve nos comentários.
O MP, q fica enchendo o saco de muita coisa por aí, deveria entrar com uma ação pública contra esse tipo de postura das farmácias.

O idec entrou com um pedido de esclarecimento, mas acredito que ñ vai levar a nada.

Este tópico foi automaticamente fechado após 92 dias. Novas respostas não são mais permitidas.