CorelDRAW diz que software é ilegal

Há pouco tempo um amigo teve problemas com a Corel. Ele é designer e tinha a versão 2017 ativada. Na época ele recebeu uma mensagem notificando-o de que seu software era ilegal (?) e ao entrar em contato com a empresa o atendente disse que “era isso aí mesmo”, não prolongou o atendimento e já sugeriu um serviço com desconto, já que ele foi “vitima” de software ilegal.

Ele, de fato, comprou a chave fora do site, numa loja de informática, diga-se de passagem. Mas se o produto estava ativado, quer dizer que a empresa o reconheceu com uma chave original, uma vez que a ativação é online. Ela pode arbitrariamente, depois de tanto tempo dizer que não é original e já socar a nova versão?

P.S.: Eu acredito que a loja é de confiança. Comprei meu Windows lá na época e não tive problema.

Qual loja? Ela tinha preços MUITO baixos? Tipo 30% do valor do software original…

Cara, é loja de bairro, mas antiga por aqui. Na época ele pagou R$ 750 reais.

Tu precisa ver se era realmente original. Manda ele falar com a CorelDRAW para verificar a situação.

Tem umas lojas online que vendem a mesma licensa (serial) para 500 pessoas. No começo não vai dar problema, mas quando a empresa olha 500 pessoas usando o mesmo serial… ai dá.

Ps.: https://whatis.techtarget.com/definition/softlifting

Edit: o CorelDRAW 2017 não era exclusivamente oferecido como Software as a Service?

Se a loja não for um revendedor autorizado pode ter, de fato, vendido uma chave obtida por meios que violem os termos de serviço do software, levando ao encerramento do serviço.

O fato do seu Windows “não ter dado problema” signfiica que a Microsoft faz muita vista grossa ao comercio de chaves ilegais para pessoas fisicas e não significa necessariamente ideonidade da loja.

Obviamente, tudo isso é uma hipotese, ninguém pode aqui afirmar com precisão o que aconteceu. Se o seu amigo realmente quiser uma resposta creio que ele vai precisar envolver meio juridicos, pois foi lesado (por qual parte que fica a questão)

Não sei, não acompanho as versões do Corel. Mas ele trabalha para ele mesmo :/.

Nah, o CorelDRAW tem licenseamento vitalicio… que por sinal vale mais a pena que o SaaS deles… (O 2020 vitalicio custa 2319, enquanto o de assinatura custa 1450/ano… hahaha)

A chave ativar e a chave ser legal são coisas completamente diferentes.
A ativação só vai verificar se a chave existe e se ela é para aquela versão do software, a origem dessa chave é que vai definir se ela é legal ou não.

O uso também, se a chave for usada em desacordo com os termos de uso, também pode ser considerada ilegal.

Entendo. Nós não temos nota, tanto ele quanto eu só recebemos aquele canhoto de loja. Na verdade, eu lembro que ele registrou o código lá na loja mesmo. Entrou no site e já ativou ou algo assim.

750 reais contra mais de 2000 da licença comprada no site da Corel.

Tire as conclusões…

Bom, eu acredito que essa loja venda licenças ilegais.

A pergunta é se o seu amigo realmente quer reaver esses 750 reais na justiça, pois foi vitima de uma fraude, ou se ele quer simplesmente seguir com a vida dele e aceitar a oferta da Corel (assumindo que ele queira manter o software legalizado).

Já está errado. Sem nota fiscal? Já deviam ter desconfiado… esse já é um bom indicio que a loja não está fazendo as coisas direito.
E quanto ao serial, como ele foi entregue? Escrito manual, cartãozinho, caixa?

O CorelDRAW sempre custou 2000 para cima?

Sempre foi caro (assim como o Photoshop, AutoCAD e todos esses softwares de design, engenharia, etc). Caro em valor absoluto. Em valor relativo é até barato.
A versão atual é 2900 e alguma coisa.
Vc acha licença “vitalícia” por 30 reais no Mercado Livre.

Mas vai acontecer a mesma coisa. Uma hora a Corel identifica e remove a ativação.

O meu veio numa espécie de cartão com selo do código, o dele eu me lembro, mas acho que o rapaz já passou direto o serial e ele ativou.

Então… o software é de fato ilegal.
E pelo que tu disse, o teu Windows parece ser OEM, que se foi vendido sem um hardware novo (que seja um drive de cd), é também pode ser considerado ilegal. haha

Nem precisa de justiça… volta lá e solicita o dinheiro de volta. Se recusarem, faz B.O. de venda sem nota fiscal, B.O. de venda de produto falsificado e aceita a oferta da Corel. hahaha

1 Curtida

O que você sugeriu tem efeito prático quase nulo. Esse tipo de coisa só se resolveria com advogado.

E eu acho que nem tem como fazer boletim de ocorrencia por ausencia de nota fiscal, isso teria que ser denunciado para a receita estadual diretamente pois é sonegação fiscal.

Porém isso foi uma sugestão um tanto quanto nuclear.

Advogado vai custar bem mais que esses 750 reais. Vai no Pequenas Causas mesmo.

Venda sem nota fiscal é crime previsto em lei. http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L8137.htm
Mas de fato não lembro se tinha como fazer fazer B.O., mas dá para denunciar na Secretaria da Fazenda.
Também dá para abrir reclamação no PROCON.

Pequenas causas seria melhor mesmo. Não sei porque esqueci disso na hora que postei.

De qualquer forma acabei levando a discussão um pouco fora do tópico. Acho que já é possivel dar um pouco de opção do que o amigo do OP pode fazer.

Se esse valor foi pago em sei lá, 2018, não sei se compensa tentar reaver. A não ser se fosse algo muito recente, aceitaria o desconto da Corel, no máximo denunciaria a loja pra eles e seguiria a vida.

1 Curtida

Então já tá explicado porque foi bloqueado, todos esses sites que vendem licenças, (principalmente de Windows) são falsas ou roubadas, SEMPRE OPTE PELO SITE OFICIAL.