Conector P2 para fone de ouvido: faz falta?

Você ainda usa fone de ouvido com fio? Seu smartphone tem o conector P2? Ter conector P2 ainda é importante? Deixe nos comentários.

Parece que a tendência é realmente o conector P2 ir desaparecendo, já que mesmo os intermediários já não estão vindo com o conector.

Na Samsung, a tendência começou nos smartphones com o Galaxy Fold em 2019, e, na sequência, com a família Galaxy Note 10, o Galaxy S10 Lite, o Galaxy Z Flip e a família Galaxy S20. Nos tablets, com o Galaxy Tab S5e, também em 2019 (o Galaxy Tab S6 Lite foi exceção).
Depois, em 2021, foi a vez do A82 (Quantum2) e do M52 não virem com o conector.
E desde 2022, os A3x e A5x não contam com o conector.
Mais recentemente, o M35 também deixou de ter o conector.
Os Galaxy Tab A lançados até agora ainda vem com o conector.

Na Motorola, a tendência começou com o dobrável razr, em 2019, e um pouco depois, com a família Edge 20, mas, se eu não me engano, todos os Moto G lançados até agora ainda tem o conector.

Os iPhones já não tem o conector desde a família 7.

Sim.

Não.

Em celular? Acho que depende muito o uso da pessoa, pra mim, não.

A qualidade de fones cabeados é indiscutivelmente melhor que opções TWS, porém a praticidade que se tem é muito grande.
Eu ainda uso fones com fio no desktop, que é onde passo a maior parte do dia, então priorizo qualidade sonora. Um fone cabeado de R$ 150,00 na China vai ter qualidade 3x ou até 4x melhor que um de mesmo preço sem fios.

Mas quando estou lavando uma louça, ou estou na rua, a conveniência do TWS supera a menor qualidade sonora.

Então a pergunta inicial varia muito do estilo de vida da pessoa e do que ela precisa.

E quem não consegue viver sem os fios, um dongle usb-c > P2 é barato.

5 Likes

Depois que eu comecei a usar fone sem fio, nunca mais quis ter o trabalho de usar os modelos com fio. Meu ouvido não é tão sofisticado a ponto de sentir a diferença de qualidade, então a praticidade compensa.

5 Likes

Único fone com fio que uso é no pc do trabalho, pq é o mais barato q eu tenho aqui e tava parado por ser P2 e meus celulares não terem entrada desde 2020. Fora isso só uso fone sem fio.
Pro meu uso a falta do P2 não interfere em nada.

1 Like

Atualmente estou com um Galaxy S23 e acabei optando por um mini DAC (o KZ AM01, mais especificamente). Antes eu tinha um S10e, que ainda tinha a entrada P2, então a necessidade só surgiu após a troca.

Não é de hoje que eu considero comprar um fone Bluetooth, mas acho inaceitável em pleno 2024 eles ainda terem uma qualidade de áudio terrível ao usar o microfone, independente de ser um fone chinês genérico mais barato que um fast food ou um fone de marca famosa, com preço na faixa dos 4+ dígitos.

O Bluetooth LE Audio e o codec LC3, que chegaram junto com o Bluetooth 5.2 em 2020, supostamente resolveram essa questão da qualidade do microfone, mas mesmo atualmente é praticamente impossível encontrar fones Bluetooth com suporte para ambos (muito menos TWS auriculares, sem as borrachinhas – já tentei e não consigo me adaptar com os intra-auriculares), então continuo no aguardo, um dia chegam no mercado, né?

Enfim, em casa eu geralmente utilizo um Corsair HS50 velho de guerra, em ambientes públicos continuo utilizando um fone auricular simples da Sony, que acompanhava os smartphones Xperia (quando ainda eram comercializados no Brasil)…

3 Likes

Eu tenho um Sony XM4 e é bem ruim, me da vergonha. Isso pq é sensivelmente superior ao XM3. Sinceramente o mic do meu Buds 2 Pro é bem melhor, ainda que aquém do q deveria.

2 Likes

O problema é eles não serem totalmente confiáveis.
Já vi várias reclamações de dongles que funcionam por um tempo, e do nada, param de reconhecer.
Esse problema também afeta fones com o plugue USB-C, e já vi reclamações de que mesmo o fone oficial da AKG que vem com o Galaxy S20 e é vendido também avulso costuma dar problema nesse sentido.
Fora que a quantidade de plugadas e desplugadas no USB-C praticamente dobra ou mesmo triplica quando só tem ele disponível, o que pode ser um problema a médio ou longo prazo, onde o USB-C pode não responder mais corretamente ou mesmo pifar.

Eu tenho um, que tem tanto o P2 quanto outro USB-C, que uso no meu Galaxy Tab S5e, e embora funcione bem, não curto muito, não, fora que se eu preciso plugar um hub ou um periférico nele (principalmente um mouse), esquece.

Eu também não sou fã de fone intra-auricular.
E já não é de hoje.
Mesmo os fones com fio da Samsung com a entrada intra-auricular que vinham nos Galaxy S de 10 anos atrás eu já não curtia.
Tenho até um guardado, além de um fone da AKG que veio em um Galaxy S9 que meu pai comprou.

Eu ainda prefiro o básico EHS61ASFWE/EHS61ASFBE, que vinha nos aparelhos de entrada e intermediários da Samsung entre 2010 e 2020.
Uma pena não ter uma versão desse fone oficial com conector USB-C.
Até estou cogitando comprar um na Shopee ou Mercado Livre, não oficial mesmo, mas fica aquele receio de pegar um negócio com qualidade de som inferior até para o padrão dos EHS61ASFWE/EHS61ASFBE (não sou tão exigente assim, mas também não pode exagerar na ruindade).

tenho um da JBL, ele tem duas configurações, ele funciona como fone de ouvido ou headset. Na configuração de fone ouvido, áudio muito bom, mas quando vai para o headset, a qualidade cai tanto que nem fone de 2 reais é ruim assim, a qualidade fica no mesmo nível de som de porteiro eletrônico de portaria.

@cav sinto falta, porque para usar dac, a entrada usb vai embora, além de que na entrada p2 é só conecta já funciona, no Bluetooth não.

outra coisa que sinto falta é quando não tem o cabo ser removível no lado do fone

Se você não quer abrir mão do fone com fio, mas tbm não quer ter um dongle pra não correr esse risco da porta USB-C, então precisa de um HiBy W3. Sim, é mais um aparelho, porém supre boa parte dos problemas.

Experimente o RY4S.

1 Like

O problema está aqui.
A JBL ótimas caixas. Porém os fones são beeeem medianos.

paguei 200 conto, achei bom o preço com o tipo de produto e ser bluetooth, não ia pagar mais

Aqui em casa tem um Go 2 ou 3, não lembro. Só sei q quando comprei achei assustadoramente alta e com ótimo som pelo tamanho.

Não uso e nunca gostei, sempre esquecia que tinha um fio pendurado em mim e acabava quebrando o cabo e o celular. Os fones bluetooth, além da liberdade de andar sem o smartphone, me fizeram economizar dinheiro.

Quando começaram a aparecer os primeiros smartphones sem entrada pra fone de ouvido eu não vi isso como um problema, pois eu só usava fone de ouvido sem fio.
Eu só voltei a usar fone de ouvido com fio em viagens, pois pra dormir apoiando a orelha na poltrona o fone precisa ser pequeno, então uso um AKG da Samsung que veio junto do meu Galaxy S20+

Meu Deus, esse é aquele fone branco de chuveirinho que tem uma abinha? Eu nem sabia que ele tinha um nome, primeira vez que vejo.

image

2 Likes

Kbear Stellar também é muito bom, e ainda vem com um saquinho de veludo.

1 Like

No Galaxy XCover Pro do meu irmão, ele veio numa embalagem que mostra esse nome.
E se você ver a letra antes do último E, ela indica a cor do fone, W pra White e B para Black (no caso do meu irmão, era na cor preta).
Eu também descobri esse nome recentemente.
Engraçado que vários fones não oficiais o chamavam ainda de HS330.

E tem esse aqui, intra-auricular, que vinha nos tops da década passada desde o Galaxy S3, que é o EHS64AVFWE/EHS64AVFBE
7468966393_3

Esse é bem decente.

Aquele saquinho é veludo, é? Parece não. hahaha
O áudio é bom, a construção dele é uma mer…
Já comprei seis deles, quatro estragaram no conector P2 com menos de 2 meses, um eu usei pouco e outro eu dei.
E sim, eu gostava deles… mas agora nem isso mais dá pra comprar lá de fora. hahaha
Tô tentando achar o RY4S que parece melhor, mas ligeiramente mais caro.

Não me faz falta e já tem uns bons anos que não uso fone P2.
Até uns anos atrás eu ainda usava com um adaptador bluetooth parecido com esse debaixo, mas logo a bateria dele morreu e resolvi migrar pros bluetooth.

Comprei o modelo Awei A920BL acho que não foi nem 50 reais na epoca já deve ter bem uns 6-8 anos de uso, acho os fones excelentes, nunca tive nenhum fone topzeira de centenas ou milhares de reais pra comparar, mas felizmente não tenho o ouvido tão apurado também pra perceber a diferença e esses me atendem muito bem, bem confortáveis e uma ótima qualidade acustica, graves e agudos bem balanceados, um excelente custo-benefício.

Posso dizer que não. Eu uso dois fones. Um com fio USB-C, que veio na caixa do meu Galaxy Note10+, quando estou viajando ou deitado (ele incomoda menos na orelha, ao ficar de lado com a cabeça no travesseiro), e o outro, um TWS da Blitzwolf, o BW-FYE7. Tenho ele desde dezembro de 2019 (!) e a qualidade é muito boa.

Eu acho uma porcaria. Não tem grave nenhum. Nunca fui fã de fones que não fossem intra-auriculares.