Como vai funcionar o PIX, novo sistema de pagamento instantâneo

Originally published at: https://tecnoblog.net/326336/o-que-e-pix-pagamentos-instantaneos-banco-central/

PIX deve tornar transferências rápidas, pagamentos instantâneos e transações por QR Code comuns no Brasil

Estou achando que o “whatsapp payments” vai sair aqui no Brasil somente com o PIX.
Seria uma maneira menos burocrática de implantarem o sistema e ainda manter o aplicativo cada vez mais onipresente.

2 Curtidas

Seria interessante algum tipo de API pública, assim quem quiser pode desenvolver um sistema para receber pagamentos via QR Code em que o dinheiro já cai direto em sua conta se livrando de pagar taxa de operadora no cartão de débito, pelo menos.

1 Curtida

Excelente. Agora só me falta dinheiro.

1 Curtida

Eu acredito que algo assim vai ser possível quando o open banking virar realidade no Brasil.

2 Curtidas

Provavelmente vai dar pra fazer isso gerando um QrCode com as informações necessárias para a transação (banco, conta, CPF/CNPJ, valor, etc)

Só tem que acostumar os clientes. Tem gente e que recebe o salário num dia e no outro tá lá no banco sacando tudo. Não usam cartão nem que a vaca tussa.

2 Curtidas

Então, tecnologia é linda e maravilhosa, trabalho com isso e tals. Mas uma mudança dessas sempre tem um tempo grande de aceitação total, ao meu ver, por questão de gerações, pessoas mais velhas como nossos pais e/ou avós sofrem muito hoje em dia em situações que para gente são muito simples… O tempo de convivência entre métodos, eu acredito ser saudável…

1 Curtida

Se fossem só os mais velhos eu entenderia, mas são pessoas da minha idade ou mais novas que fazem isso.

“PIX, powered by Banco Central”

PQP, o negócio (que não está em desenvolvimento de agora) mostra como o Brasil está a frente do resto do mundo em questão de SISTEMA financeiro (não de tarifas ou acesso), mas tinha que ter o toque de síndrome do vira-lata, colocando um logo em inglês pra um sistema inteiramente nacional e não exportável. :man_facepalming:

3 Curtidas

Aí que está eu acho que colocaram em inglês exatamente para talvez tentar fazer com que seja exportavel, uma vez que o sistema BR é um dos mais avançados to mundo. Eu mesmo quando faço scripts uso tudo em inglês para poder mandar para outras pessoas ao redor do mundo.

2 Curtidas

Nada a ver esse pensamento. É tecnologia, o Inglês domina.

1 Curtida

Yeap, em minha opinião sincera se é tecnologia e não está em inglês ou também em inglês, já larga atrasado…

1 Curtida

O ecossistema bancário brasileiro é um dos mais avançados do mundo, mesmo assim, estamos limitados a métodos de transferências e pagamentos que já são um tanto arcaicos.

Nem todo mundo confia na tecnologia. Legal mesmo vai ser virus editando o QRCode, da mesma forma que editam os códigos de barra… porém, devido a ilegibilidade do QRCode por olhos humanos… será impossivel notar. Espero que alguém pense nisso e dê uma forma de conferir o código QR e confirmar as transferências antes de realizar os pagamentos…

Do que entendi, o Banco Central não está criando nada novo.
Apenas pegou um padrão já existente (iso 22020 se não me engano) e aplicou ao sistema financeiro, dessa forma, fica fácil de implantar o mesmo sistema em outro país e talvez criar um PIX global.

Eu sou dev, inglês domina, mas cabe senso: estamos falando de um recurso para contas brasileiras, assim como TED e DOC. Essa mentalidade de tem que ser tudo em inglês que gera as jabuticabas como ter que explicar que “boleto” não tem como por em inglês no código porque é um recurso exclusivamente brasileiro, sem tradução pro inglês, e a equipe não ter capacidade de entender isso: mas como assim existe uma tecnologia no Brasil que lá fora não existe?

2 Curtidas

Em Portugal temos o MBWay que é exatamente o Pix, acho excelente, vai ser muito bom para a população de forma geral. Mas aqui por exemplo não acabou com Doc e Ted.

1 Curtida

“Cada instituição irá definir suas tarifas, de acordo com sua política de negócios”.

Bom,precisa dizer mais alguma coisa?!!!

Podem dizer que,à priori, isso alimenta o jogo de concorrência e que no final o consumidor sairá ganhando. Eu não confio muito nisso,não. Acho que seria caso do BC já definir uma tarifa única e baixa ( de preferência ) a ser seguida por todos os bancos e instituições financeiras.

Então, mas vc tem de ver que custo operacional varia de banco para banco pensando em volume… Então, eu particularmente gosto da estratégia “eles que briguem”… Uma FinTech que faz muito menos operações com menos segurança embarcada, vai ter um custo operacional muito menor que um grande que processa muito mais e com mais segurança embarcada…

2 Curtidas

Pensando nas Fintechs ,até que é mais aceitável dar mais liberdade para que elas se adequem conforme suas realidades.

Mas quanto aos bancos,sinto muito. Estamos falando de um dos sistemas bancários que mais lucram no mundo. Bancos que na maioria das vezes ignoram recomendações do BC e quedas da taxa básica de juros. Determinar uma taxa fixa para os bancos talvez seja algo mais radical, mas na minha opinião deve-se impor limites,um teto para essas taxas. Pelo menos isso. Já pagamos coisas demais para os grandes bancos.