Como carregar o celular corretamente [e mais rápido]

Originally published at: Como carregar o celular corretamente [e mais rápido] – Celular – Tecnoblog

Siga essas dicas de como carregar o celular e saiba o que fazer para evitar erros que reduzem a vida útil da bateria do smartphone

1 curtida

A prática de desligar o celular/modo avião na hora da recarga é muito válida! Só tem um pequeno inconveniente…geralmente os apps atualizam de forma automática quando se coloca o telefone para carregar, aproveitando que pode executar atividade com maior consumo de bateria, e desligando/modo avião, isso vai acabar sendo feito em um momento fora da carga, consumindo muita bateria.

3 curtidas

Depois que implementaram essas features de monitorar a saúde da bateria, as pessoas ficaram neuróticas com isso.

Eu sigo usando normalmente. Comprei o aparelho pra usar, e não pra tratar como um Tamagochi.

Cuidados a gente sempre tem, mas não da pra viver em função disso.

16 curtidas

Já tem um bom tempo que sigo essas dicas e meu iPhone 7 está com bateria original desde quando lançou e está em 75% da vida útil. Não deu pico de energia para ativar aquele modo que o deixa mais lento.

Pois é… Eu tenho um iPhone 8 Plus desde março de 2018 e não fico nessa neura. Tenho o hábito de carregá-lo durante a noite e a bateria dura o dia todo desde sempre.

Até entendo essas recomendações, mas resta saber o quanto elas de fato impactam na vida útil da bateria. Muitas vezes os smartphones são trocados antes que as baterias comecem a apresentar sinal de desgaste.

Outro ponto que notei na reportagem: mais no início é dito que o ideal é manter a carga da bateria entre 30% e 80% do total. Porém, em outro parágrafo a informação muda um pouco (entre 20% e 80%). Nada tão relevante. Apenas uma pequena inconsistência no texto.

Não entendo pq até hoje o Android não tem uma função pra limitar a carga da bateria, em boa parte do meu tempo, especialmente agora durante a pandemia, não tenho pq carrega acima dos 80%, mas fica controlando isso manualmente é muito difícil.

4 curtidas

Realmente, já era hora de ter. Eu também fico controlando isso manualmente… uso o AccuBattery Pro que dá um aviso sonoro na porcentagem de carga que você configurar. Finalmente, um artigo baseado em estudos científicos, o Battery University tem ótimos artigos.

1 curtida

Finalmente, um artigo baseado em estudos científicos, o Battery University tem ótimos artigos.

No Android a única opção é por apps mesmo.
Batter Charge Limit é uma opção open-source e gratuita, mas devem existir outras opções.

Costumo passar 3 anos com cada celular e sempre mantive o hábito de deixá-los carregando a noite inteira, inclusive desde o Nexus 5 uso o carregamento sem fio para esse fim e nunca notei uma degradação da bateria.

Talvez o zenfone tenha. Implementaram muitas funções de controle da dados sobre a bateria.

2 curtidas

Eu deixo o carregamento inteligente ativado. Quando se aproxima da hora de acordar, ele finaliza os 20% restantes e com isso, preserva a saúde da bateria.

Antes não tinha esse função, deixava carregando do mesmo jeito.

Mas estamos falando de uma fabricante, isso é o tipo de função que deveria estar na raiz do sistema.

Acho que o mercado Android mudou muito. Hoje a Google não se esforça mais para trazer grandes novidades ou mudar a experiência. Se reparar ela tem feito casa vez menos alterações, está só polindo e mantendo atualizado com o básico.

A Google entendeu que não precisa ter esse trabalho extra, quando as fabricantes compraram a licença do Android já com intenção de por seus próprios recursos e UI.

1 curtida

Nos aparelhos com Android acho que a Sony foi a pioneira. A maior parte dos Xperias lançados de 2016 pra cá contam com um CI da Qnovo, que monitora e otimiza os ciclos de carregamento, com a promessa de reduzir o desgaste da bateria. Senão me engano alguns aparelhos mais recentes da LG também adotaram a mesma tecnologia.

Já na parte do software, a customização da Sony tem um recurso que limita a carga da bateria em 90% e só carrega os 10% restantes momentos antes do horário que você normalmente retira o aparelho do carregador. Quando o recurso foi lançado o horário era previsto automaticamente, baseado em aprendizado de máquina, mas nem sempre o algoritmo acertava. Nos Xperias mais recentes expandiram o recurso permitindo também definir manualmente o horário, ou utilizar o horário do próximo alarme…

2 curtidas

A pergunta é em qual prazo que começa a fazer a diferença carregar o celular “corretamente”.
Se eu sempre carregar “corretamente”, a bateria do meu celular vai aguentar por, sei lá, 5 anos comparado a talvez 3 anos se carregar de maneira “incorreta”?
Ou a diferença é mais brutal, aumentando a vida útil da bateria ainda mais?

O que eu lembro de ter lido é que pra maioria dos usuários comuns de smartphone, a diferença não é significativa o suficiente pra compensar ficar se preocupando tanto com isso. Isso porque a pessoa média provavelmente vai trocar de aparelho antes de a bateria se beneficiar da longevidade extra de um regime “correto” de recarga.

A diferença maior é pra equipamentos que se espera que durem bem mais ou que utilizem baterias bem maiores, como carros.

Antes da bateria morrer tu tem a diminuição da sua capacidade, então um celular que com 1 ano de uso incorreto a bateria já não vai durar o mesmo tempo de uso de quando novo, estimo uma merda de capacidade entre 10% é 20%, carregando ela corretamente tu provavelmente vai ter uma perda de capacidade de menos de 10%.

Se a capacidade da bateria quando nova estiver próxima do teu uso diário, provavelmente em 1 ano ela não vai mais chegar até o fim do teu dia.

Agora se no final do dia sobre pelo menos 30% dela quando nova, não vai ser um problema a degradação dela ao longo de 1 ou 2 anos.

Este tópico foi automaticamente fechado após 92 dias. Novas respostas não são mais permitidas.