Com até 60 núcleos, chips Intel Xeon de 4ª geração tentam frear avanço da AMD

1 curtida

CINQUENTA E DOIS MODELOS!

Intel minha filha, virou a Samsung?

5 curtidas

A Intel ainda vai ganhar a medalha de participação por esse lançamento. haha

1 curtida

Se não tem grafico comparando com o Genoa já sei que é flop. Se a intel não fez esse comparativo já sabe que não chega nem perto.

3 curtidas

Sei lá, apesar dos chips da AMD serem melhores em termo de desempenho… a Intel ainda mantém 70% do mercado.

Feliz com o Xeon E5 2650 V4 com 12 núcleos e 24 threads de R$:100,00.

:desktop_computer:

Meh, Xeon Max nem é CPU pra ser humano normal enfiar em desktop, pô… hahaha

1 curtida

O conluio tá aí… Por muito tempo a intel basicamente forçava as fabricantes de notebook a só vender com processadores intel, e isso é o que a gente sabe depois que a bomba estourou. Duvido nada que tenha algo assim nos servers também.

Opa, mas a 4 anos atrás eram 99% do mercado. Perder 30% em pouco tempo não é brincadeira, antes não haviam servidores AMD nos grandes fabricantes era tudo nichado, hoje a Intel começa a se tornar segunda opção dos fabricantes, que mundo…

E eu acho ótimo. Vários anos e nada de mudanças significativas no lineup, hoje correm atrás do prejuízo, mas deixaram um monstro nascer e crescer debaixo das próprias barbas.

2 curtidas

O problema é que o pessoal ainda não tem a mesma confiança na AMD e a AMD meio que parou no tempo… até onde eu lembro, tanto os CPUs quanto GPUs da AMD não são lá muito bons para IA.

Sim, sim, mas eu sei lá se a Intel vai ficar comendo mosca pra sempre… queria que algum rico comprasse um Xeon Max pra testar e mostrar se realmente compensa. hahah

1 curtida

A Intel perdeu 30% de mercado em 5 anos. Antes a AMD sequer era cogitada. E isso em um mercado que é fácil os datacenters terem longevidade de 10 anos, dependendo das aplicações. Agora quem está criando e/ou atualizando os datacenters dificilmente cogita a Intel. E mesmo com esse novo Xeon de 60 núcleos chegando, a AMD já tem o seu EPYC de 96 núcleos, mais moderno e certamente mais poderoso.

E ainda tem a “conta de padeiro”: digamos que você vá montar um datacenter de última geração, tudo do mais novo e mais poderoso e tem um orçamento infinito (ou quase): cada armário de rack normalmente comporta 45U (unidades de chassi). Digamos que você vá colocar 45 servidores no chassi. Se for montar com Intel com 1 processador em cada servidor, você vai ter 2.700 núcleos. Se for AMD, são 4.320 núcleos. E isso é uma baita simplificação. Tem muito mais coisa envolvida como poder de processamento por núcleo, quantidade de memória suportada, número de linhas PCIe, etc. Então, por mais que a Intel se mostre extremamente competente com esses novos processadores, dificilmente a empresa há de ser cogitada. A não ser que pratique uma política de valores extremamente agressiva a ponto de subsidiar vendas de servidores e ficar no vermelho pra não se ver cada vez mais perdendo mercado.

3 curtidas

Exatamente por isso que eu falei que a Intel não vai ficar comendo mosca pra sempre…

A única saída pra Intel é uma arquitetura totalmente nova. Enquanto isso, vai continuar perdendo mercado para a AMD. Fabricantes relevantes como a Dell, que sequer cogitavam AMD nos seus produtos agora oferecem AMD em várias linhas. E pela boataria a Intel malemá saiu da prancheta com uma arquitetura nova que possa fazer frente.

Não aposto em nada relevante vindo do lado da Intel pelo menos pelos próximos 3 anos. E isso eu estou sendo generoso. Nesse meio tempo se a tendência de mercado se manter, a AMD praticamente vai ter o mesmo marketshare da Intel.

2 curtidas

Não tinha aquela palhaçada que resultou em antitrusting? Mas de qualquer jeito, quero só ver a AMD crescendo… pena que to pegando raiva dos chips da AMD… (cada palhaçada… antigamente tinhamos 3 chipsets, agora o Bx50 é o A3x0… 0 Bx50E é o Bx50 antigo… tá tudo capado… o que me impede de ir pra intel, fora o preço é o consumo… hahaha)

1 curtida

Tive esse receio, mas a Intel ainda deixou DDR4 no chips de 12° e 13° geração. DDR5 baixou, mas ainda está caro

Eu optei por montar um Ryzen 5 5500 (que vou ver se consigo atualizar pro 5600 assim que os 5 3600/5600 começarem à ficar baratos… pelo PCIe 4.0…>_>") e o build todo saiu pela metade de um i3-12100F com H610M… (meio da pandemia)

2 curtidas

Pior que a AMD também está oferecendo CPUs EPYC com núcleos Zen 4C - Clocks/Cache menores que Zen 4 porém contém 16 núcleos por chiplet ao invés de 8 - que contém até 128 núcleos para competir com os Xeons Max, sem falar que possívelmente também vão lançar uma APU com CDNA3.
É bem interessante ver o mercado de CPUs ser tão competitiva nesses últimos 5 anos :slight_smile:
(Triste que não temos preços tão competitivos no mercado de GPUs :frowning: )

2 curtidas