Claro é processada pelo governo por uso enganoso de "5G" em propagandas

Bem feito. Alguém precisa nos defender (saudades do Chapolin)

3 curtidas

Todo dia uma notícia do DSS, mas coibir essa lorota, eles não conseguem…

De que adianta fazer propaganda de DSS, quando na prática o usuário não tem previsibilidade de sinal. Pode estar lá o ícone de 5G, lindo e belo e na hora de fazer um Speedtest a velocidade é inferior ao do 4G na maior parte do tempo, e você não tem como adivinhar em que momento vai estar fazendo jus ao ícone do 5G.

Não sou nem um pouco a favor desse DSS, admitiam logo que não tem 5G. Já entra em má fé das operadoras, propaganda enganosa na cara dura.

Lembro da época onde o 4G era novidade. A Claro lançou o 4G+ que na verdade era o mesmo 4G. A diferença que o que eles chamavam de 4G uma versão capada de 4G deles e chamaram de 4G+ o que o 4G por si só já era.

A cobertura 4g nem abrange 100% do território nacional e os caras já falam em 5g.

Não só a Claro… Mas também a Motorola em parceria com a Claro quando lançou a linha Moto Edge e Edge Plus… Sendo que somente o Moto Edge normal seria compatível com essa rede “5G”. E mesmo quando implantar a rede 5G oficial possivelmente não será compatível com as bandas que serão utilizadas… Enfim…

Adianta pelo marketing… já presenciei gente comprando celular novo e escolhendo 5G no intuito de usá-lo imediatamente, sem nem considerar que ainda nem temos o 5G de vdd.

Muita gente é iludida com esse fake 5G e aí q mora o problema: pessoas que pensam estarem usando o 5G vão julgar mal a tecnologia que elas nem chegaram a testar de vdd.

Acho que vc se confundiu com o 4G Max da Claro, não? kk o 4G+ realmente trouxe alguns aprimoramentos, diferentemente do 4G Max.

Porém, isso é típico da Claro. Ela ama fazer esses marketings falsos (3G, 3G Max, 4G, 4G Max etc)… se nossas leis de publicidade não fossem rígidas, bem capaz q ela também já teria feito algo como o 5Ge da AT&T nos EUA :joy::joy::joy:

Não vejo problema em o consumidor escolher um aparelho que já terá suporte a 5G. A questão esta nas operadoras não deixar claro que esse 5G DSS não é o 5G sub-6, do qual se propaga os benefícios.

É. Acho que é isso mesmo que você falou, o 4G Max.

1 curtida

Sim, a Claro usava a marca “4G Max” na sua rede LTE para chamar a atenção de que tinha maior capacidade de rede e largura de banda, com base no resultado dos leilões da Anatel (no qual ela conquistou uma faixa de frequência maior) - quem foi impedido de usar a marca “4G Plus” foi a Vivo, que não conseguiu frequências como as da Claro (no final, ficou só com o slogan “O 4G com o plus da Vivo”).
Agora, quando lançou o seu 4.5G (LTE-A Pro), a má-fé foi o “5” maior que o “4” no logo (e, algumas vezes, falar nos comerciais com essa entonação: “quatropontoCINCO-GÊ!”) - e a Vivo começou com a marca “4G+” (“4G Mais”) para sua rede LTE-A, mas depois mudou para “4.5G”, para se igualar à concorrência (mas sem o “5” maior que o “4”).

1 curtida

Só um detalhe: assim como a Claro, a Vivo também comprou 20 MHz + 20 MHz de banda 7 no primeiro leilão de 4G. Apenas TIM e Oi que têm menos espectro

2 curtidas

Eu ia falar justamente isso, lembro bem dessa campanha, a entonação era muito maior no “5” do 4.5G, dando a entender para o leigo que aquela já era de fato o tal do 5G ou algo proximo a isso.

Esse 5G fake ai deveria ser considerado no máximo um 4.75G kkk

Ainda assim, a Vivo foi punida pelo seu “4G Plus”, a Claro, com o seu “4G Max”, não.

1 curtida