Chips Intel de 12ª para notebooks chegam com promessa de superar Apple M1

O que eu queria mesmo era que a Intel fizesse um chip com uma eficiência boa.
Estou com um notebook i5 1135g7 e em qualquer tarefa por mais leve que seja, ele esquenta. Assistir a um vídeo em cima da cama é sem condições, pq faz ele quase pegar fogo, mesmo o clock estando baixíssimo (1 GHz ou menos).

8 curtidas

A Intel só vai bater o M1 no dia que largar a o CISC de vez e partir pro RISC. Enquanto isso vai ser só promessa e mimimi.

7 curtidas

Passei um tempo com um Acer Nitro 5 com Ryzen 5 4800H e era um notebook misteriosamente frio além de ter uma bateria bem competente, hoje com um Dell G15 com i7 11800H o note é uma chapa, quando eu tinha um Predador 300 com i7 9750H além de ser uma chapa a bateria não durava nada.

Não tem como, a intel perdeu a mão no segmento mobile, a AMD está nadando sozinho aí.

6 curtidas

O meu é um Acer Aspire 5, consigo tranquilamente 6h-8h longe da tomada com 80% da carga.
Se eu ficar somente editando textos fora do Wifi dá até umas 12h.

1 curtida

Eu também fiquei assustado quando migrei de um i5 7200f (se n me engano) pro M1.

O notebook funciona o dia inteirinho fora da tomada, tem um desempenho muito bom e ainda não esquenta nadinha!

Acho q já deu pra Intel. Ela ainda pode tentar ganhar em alto desempenho pra profissionais e gamers, algo que a Apple ainda peca.

Talvez ela tenha sorte dos chips ARM n respingarem nas linhas realmente Pros

4 curtidas

Exatamente isso. Nem todo mundo quer/precisa de tanto desempenho. Ou melhor, ela deveria tentar atender a estes 2 públicos.
Se eu quero algo mais parrudo, vou pro meu desktop que dá conta do recado.

Bem que eu queria ter pego o Air M1, porém o valor dele inviabilizou, é 3x mais caro do que paguei.

1 curtida

Espero que venha uma linha boa, assim como a nova da AMD. Eu tenho um i5-L16G7, que acaba sendo a beta aquitetura (lakefield) da 12ª, e para uso leve achei bem razoável no desempenho e zero percepção de aquecimento e silência total pela dissipação passiva.

A Intel não consegue bater o desempenho nos processadores de Desktop se duvidar, vai bater nos de Notebook… A Intel é uma piada ao meu ver!

Esperando alguma revolução por parte deles, porém o feijão com arroz não dá mais!

1 curtida

Qual modelo e qual processador? Tô atrás de outro notebook mesmo que não seja de alta performance que possa levar pra rua pra trabalhar remoto quando precisar. Tô até pensando em um Chromebook mesmo! O pesado faço no meu Lenovo Ideapad 330, que apesar de competente, a bateria não passa das 3h~3:30. =(

1 curtida

Core i9-12900HK consegue ser mais rápido que o Apple M1 Max e o Apple M1 Pro em ferramentas como Premiere Pro e AutoCAD

É ver pra crer, e claro, não podemos esquecer do resfriamento e consumo das baterias também.

Eu aproveitei que o gerente do Zoom ficou louco e peguei um na Black Friday:

2 curtidas

Estranho, uso o 1135G7 no Samsung Book e não tenho aquecimento em excesso. Talvez seja alguma coisa ligada a dissipação do calor. Em minhas pesquisas antes de comprar o Samsung, pesquisei bastante por vídeos da estrutura/disposição interna e sempre falavam bem do tamanho do cooler e do heatpipe que a empresa tinha colocado no produto.

Note também que, se o seu modelo for um dos Acer que também tem os chips MX da NVidea, vai esquentar um pouco mais também, pois tem apenas um heatpipe/cooler para resfriar 2 chips trabalhando. Em alguns testes que vi pela internet, o notebook as vezes rodava melhor tarefas pesadas e jogos desabilitando a MX, pois gerava menos calor e o processador conseguia rodar mais forte.

1 curtida

Aproveitando carona em pedidos de algum aqui, alguma recomendação de algum notebook com bom custo benéfico e bateria? Já testei chromebook e cumpre o papel, duração de bateria e peso para potabilidade é maravilhoso, porem não temos muitas opções diferentes em visual externo(parece os antigos netbook) muito menos com tela maior, e por mais que seja bom, modelos acima de 2,5Mil, tem um hardware muito baixo para chegar a competir com bons notebooks, meio que é aquela de que já tenho um bom desktop em casa, foco mesmo em bateria durando bem mesmo que seja com windows, e vida longa.

Acer Aspire 5 A514-54. i5 1135g7
No entanto, não sei se alcançará o mesmo tempo fora da tomada, pois este meu uso é apenas em ambientes internos e com o brilho da tela bem baixo.
Ele é menor que o Lenovo 330 (14" contra 15") e mais leve também, além de ter uma tela melhor (IPS).

Era necessário pagar, à vista, um valor absurdamente alto para meu bolso. Este Acer, depois de todos cashbacks e cupons, saiu por R$ 2.600,00.
Por melhor que seja o Air, o fato é que ainda é mais que o dobro do que paguei.

Não é aquecimento em excesso, é um aquecimento por causa da ineficiência do chip. Em tarefas muito muito básicas, o ideal era apenas o resfriamento passivo dar conta, mas não é o caso. Em uso intenso até acho que ele é bem frio, porém o aquecimento dele é “constante”, sofre pouca variação entre pouco e muito uso.
Não peguei com MX pois a Intel na Iris Xe fez um bom trabalho, o desempenho dela em quase todos testes batem a GPU discreta da NVidia.

Bem, não sei até que ponto é correto chamar como ineficiência do chip, por ele necessitar de um cooler, dado que é uma arquitetura e concepção diferente dos M1. Penso que o correto seria dizer que o chip seria ineficiente caso ele fosse de uma arquitetura e concepção que não necessitasse de resfriamento ativo e que, ainda assim, tivesse um aquecimento que os métodos passivos não dessem conta… Como acontecia com os Snapdragon 810 por exemplo.

Não sei o que você considera como “constante” mas aqui no Samsung tem uma boa variação na temperatura entre o uso básico e uso intenso. No básico raramente ele passa de 40º, isso numa Ribeirão Preto que estamos sempre por volta dos 33º de ambiente, sem ar condicionado. E nesse estado raramente o cooler do meu esta trabalhando.

Calma lá, o M1 é uma maravilha da tecnologia, mas um não vence um bom desktop com processador e GPU parrudas (talvez só com o processador ele até chegue perto, comparando com a APU integrada).

Pois é, parece piada a Intel falar que vai bater o M1… O que faz o M1 incrível não é apenas a performance absurda, mas o conjunto da obra, como a eficiência térmica e energética. A Intel nunca vai conseguir vencer isso enquanto persistir em x86/64, tem que passar pra ARM.

1 curtida

A partir do momento que ele não está sendo utilizado (ou bem pouco) e ainda assim consome energia, é ineficiente.
Tanto é que gerações passadas era possível utilizar o app throttlestop e reduzir a voltagem do processador, com isso ganhando mais bateria, melhorando o desempenho em tarefas pesadas e diminuindo a temperatura no geral do chip (tanto em idle como em consumo).
Mas na 11° geração a Intel bloqueou tudo e por enquanto não tem como fazer isso.

2 curtidas

Era não, eu peguei ele parcelado em 10x sem juros na Amazon.

É, ai realmente não tem jeito, Apple sempre será muito caro por aqui.

Alguém avisa a Intel que não adianta ganhar em desempenho e também ser um beberrão descontrolado de energia…

2 curtidas