China completa novo teste e avança no lançamento do yuan digital

A China está firme e forte no seu objetivo para destronar os Americanos e ser os novos manda chuva do mundo, ao mesmo tempo em que negam o tempo todo que esse é o objetivo, quando o mundo inteiro está vendo nitidamente que é.

Não gosto muito da China e sendo bem sincero acho que um movimento como esse tem muito mais contras do que pros para os outros países, como o Brasil no caso. Afinal, por mais que a China diga que não, mas uma hora ou outra ela vai obrigar seus parceiros comerciais a migrarem para esse sistema que favoreça ela, seja amigavelmente como o já citado estimulo retirando as taxas de cambio ou forçadamente ameaçando com uma possível sansão econômica ou desabastecimento de produtos (sim hj ela já tem esse poder, mas não usa, mas no futuro quando estiverem no topo duvido que não usem e abusem).

Enfim o principal ponto negativo e acredito que é o objetivo Chinês é que com isso eles vão ter um grande controle interno nas economias dos outros países, que passaram a se ver obrigados a criarem lastros de yuan e vão se tornar ainda mais vulneráveis as investidas e investimentos de compras de empresas estratégicas nacionais pelas chinesas.

Saindo do mérito de gostar ou não dos chineses, tenho que admitir que o(s) estrategista(s) deles são muito foda, basicamente os caras traçaram e definiram suas metas lá atrás e seguiram a risca, comeram pelas beiradas e quando o mundo se deu conta já estavam de joelhos perante eles. Enquanto a maioria dos países hoje já são reféns dos chineses, os Americanos até tentam alguma reação a sua maneira, os últimos suspiros pela sua independência econômica, mas infelizmente para eles e para o restante do mundo é tarde demais. A minha única duvida é se eles vão aceitar essa transição pacificamente, um novo mundo quem que a América não vai ser mais a First.

2 curtidas

O Brasil é um país sem rumo que gasta todo o seu tempo criticando a China e puxando o saco dos EUA.

1 curtida

Quando a automação nas fábricas chegar com força a China vai dançar, literalmente.

A grande jogada das criptomoedas é devolver ao povo o poder econômico que existia no mundo quando o dinheiro tinha lastro em alguma coisa.

O Yuan digital não faz isso, mas certamente abre possibilidades para o mercado financeiro tradicional evoluir para um novo patamar mais universalizado.

Se os EUA querem manter a soberania com o USD, é melhor correrem, assim como a Europa, porque a China já deu a largada e está sem nenhum competidor até agora.

Eu já acho que não, a automação industrial já é mais uma novidade a anos, hoje já seria perfeitamente possível a grande maioria das fabricas serem completamente automatizadas, não o fazem isso por que até a grande parte da população até mesmo dos países desenvolvidos iria xilicar.

E os motivos para isso são vários, o primeiro e mais obvio é que tal iniciativa não é bem vista por nenhum pais relevante no mundo, isso hoje, amanhã e daqui a 50 anos. Isso porque a grande maioria das economias do mundo são baseadas no consumo de bens e serviços (Setor terciário), e quem mais consome é a classe média, e para que ela consuma precisa haver renda, ou seja é um ciclo fechado.

Segundo motivo do por que a China não vai dançar, se chama cadeia de produção, ou seja não adianta nada a Apple levar suas linhas de produção para os EUA e automatizar tudo, sendo que seus fornecedores não conseguem suprir sua demanda, e acredite a Apple tentou fazer isso na época do governo Trump, mas advinha o que aconteceu.

Terceiro é que por mais que um processo de automação comece agora, ele demora a ser implementado, e nesse meio tempo, quer queira ou não, a China vai se tornar a maior economia mundial, sua população vai continuar enriquecendo e eventualmente sua economia vai se voltar inteiramente para o consumo da sua enorme população. Imagina que ela consiga que ao menos 2/3 da sua população consuma algo próximo do que um europeu médio consome? Pois é, 2 terços da população chinesa equivale a população da EUROPA inteira, ou seja, não consigo imaginar, hoje como um pais desse porte quebraria, talvez a única coisa que pudesse ocasionar isso seria uma guerra de escala gigantesca, do nível da WW2… Mas se isso hj acontecer, infelizmente o mundo inteiro irá afundar junto.

Hoje iriam xilicar msm, mas no futuro não tão distante não, principalmente se tivermos algum UBI. O fato é que automação total é inevitável, humanos em linha de produção, além de serem lentos, ficam fazendo tarefas repetitivas e destruindo a saúde.