Carbon: Google cria linguagem de programação para substituir o C++

2 curtidas

Com a mesma velocidade que o Google cria novos projetos ele também os mata. Eu não boto muita fé nesse projeto apesar do Go estar vivo ainda e do Dart ter pego “carona” no sucesso do Flutter.
Acho que o Rust vai ser o “substituto” do C++ tanto que algumas coisas do kernel do Linux já vai começar a ser escrito em Rust.

6 curtidas

Na verdade o Carbon é só mais uma tentativa da Google para monopolizar o mercado de desenvolvimento com suas nulidades. Puro marketing. Não tarda e surgirá bootcamps patrocinados na esperança de pescar alguns xiitas.

Duvido que seja uma vantagem grande o suficiente para competir com Rust, especialmente com a quantidade de projetos de interoperabilidade C++/Rust que estão surgindo. Para os projetos que absolutamente não podem ser desenvolvidos com Rust, o C++20 é bastante robusto, então não vejo espaço suficiente entre os dois onde haja necessidade de uma linguagem completa que preencha essa lacuna. Lacuna essa que só a Google enxerga.

O Rust vem sendo maturado há mais de 10 anos, portanto não há concorrência aqui, apenas uma infecção e poluição temporária no mercado.

2 curtidas

Ao invés de ajudarem no desenvolvimento do Rust, criam outra linguagem, pqp.

9 curtidas

O mais curioso é que tanto o Rust quanto a Carbon utilizam o compilador LLVM que é feito emmmmm… C++.
Essa interoperabilidade do Carbon com o C++ só será possível graças ao LLVM. Isso se ela funcionar, pq ABI não é uma coisa simples no C++. Se funcionar vai ser em um único compilador(LLVM) e em uma versão específica. Se o Rust está há 10 anos no mercado e ainda está na 29ª posição no TIOBE, essa Carbon pode seguir o mesmo caminho.

standards

8 curtidas

Clickbait clássico. A matéria já derruba a chamada.

Google inovando e indo além dos serviços de mensagem natimortos, agora também cria linguagens de programação natimortas.

3 curtidas

Dart ta bem vivo mesmo por causa do Flutter, mas só serve pra isso também. Agora Go acho que sempre respirou por aparelhos por causa das péssimas decisões sobre a estrutura da linguagem (if err != nil zzzzz)

Para linguagens de programação eu confio muito mais na Microsoft do que no Google. Apesar da MS ser especialista em depreciar tecnologias só para tentar vender novas (que são as velhas só que com nova roupa) eles mandaram muito bem no TypeScript, C# e na família .NET além do VS e VSCode.
Já o Google parece que faz as coisas só pra cumprir cota e depois fica empurrando com a barriga.

3 curtidas

Go é uma linguagem do Google e é bem ruim

1 curtida