Bolsonaro critica acordo entre WhatsApp e TSE: "não vai para frente”

Simplesmente é um absurdo app mensageiro ter qualquer aproximação com governo, ainda mais no nível de interferir no lançamento de recursos do app, recursos esses que já existem em outras plataformas. Não é impedindo feature ou bloqueio de app que vai educar sobre fake news ou encaminhamento em massa. E também não é tarefa de governo gerenciar esses problemas de cunho privado do app.

10 curtidas

Preciso elogiar @pknoth Texto isento, bem escrito!

Não sou fã desse tipo de ferramenta, acho que bagunçaria mais o app, já estamos esgotados com tantos grupos, acompanhar seria mais difícil.

Mas não concordo também com o acordo realizado com o TSE. Se houvessem irregularidade nas postagens que fossem averiguadas. O mundo mudou e a maneira de comunicar também.

Espero que a Meta não se renda a isso.

como se Bolsonaro realmente fosse fazer alguma coisa, é somente mais uma história para quem vota nele.

8 curtidas

Perceba que não é o “Governo”, estamos falando de um dos poderes, o judiciário, no caso um braço dele, o TSE. Nem tudo é executivo, as maiores pautas negativas do nosso país surgem do legislativo e judiciário.

5 curtidas

É óbvio que o TSE tá fazendo isso pra prejudicar a eleição com o Bolsonaro, tá escancarado já.

1 curtida

Ainda bem que foi um texto minimamente isento, pois seria extremamente bizarro um site de tecnologia apoiar censura por meio de limitação de recursos de um app de comunicação.

4 curtidas

Como crítico ferrenho do Pedro, me senti no dever de parabenizá-lo por essa reportagem, tirando a palavra "ameaças " todo restante do texto foi isento e muito informativo.

Obrigado ^^

2 curtidas

É engraçado q pra imensa maioria das pessoas comuns, grupos de até 256 pessoas estão de bom tamanho, ainda mais considerando um app que nem tem bots para gerenciar grupos, controlar spam, entrada de pessoas etc. O WhatsApp nem ao menos permite ocultar seu NÚMERO DE TELEFONE! Imagine você, em um grupo com milhares de pessoas, e seu telefone exposto!

Não sei se é a minha bolha, mas não vi ninguém comentando positivamente sobre possibilidade de permitir grupos de milhares de pessoas… ou melhor, ninguém exceto aqueles q querem usar o WhatsApp justo pra disseminar fake news.

Achei a decisão triste, afinal é um recurso a menos, mas é correta, ainda mais vendo que justamente aqueles que poderiam fazer um mau uso da ferramenta são talvez os únicos que andam chorando ou fazendo birra na internet. Quem de fato precisa de grupos grandes, já utiliza o Telegram que funciona muito melhor e já tem locais muito mais consolidados.

O problema é que certas pessoas querem grupos gigantes não para conversar, e sim pra facilitar a disseminação de coisas duvidosas facilmente, ainda mais com as limitações de encaminhamento de mensagens.

9 curtidas

Respondendo: É sua bolha, abraços precisando de choque de realidade estamos por aí

1 curtida

Esse é meu ponto, quem quer fazer coisa errada vai fazer e vai fazer em qualquer lugar. Antes da internet era santinho espalhado na rua, boca de urna e tantas outras coisas. Campanha política por famosos, disfarçada de opinião… são tantas formas.

Acho completamente errado rede social, app mensageiros serem “controlados” por agentes de governo. Hoje fulano acha legal, quando for na sua vez, não vão achar. Existe o trabalho de inteligência da polícia e eles que se encarreguem de prender quem estiver infringindo as leis.

Se um juiz já faz um estrago com a internet, imagina isso em ação conjunta com outras esferas políticas a apadrinhamentos. Não é sobre Bolsonaro ou lula, é sobre essas pequenas ações que vão moldando um projeto de futuro que tira o poder individual e concentra no estado.

5 curtidas

Penso igual

Além de grupo de 30 já faz perder a paciência. Para conteúdo, melhor uma página controlada de rede social.

Comunidades gigantesca, tirando o que está acontecendo na Ucrânia para concentrar informações contra a guerra de desinformação, blz.

Agora do jeito que querem aqui, não vejo que não seja exclusivamente para desinformação

2 curtidas

Ninguém usava figurinha, pq o zap não tinha. Ninguém compartilhava documentos, pq o zap não permitia. Ninguém arquivava conversas, pq o zap não tinha essa funcionalidade. O mesmo para responder diretamente uma mensagem num grupo, travar a gravação de áudio, apagar mensagens, acelerar reprodução de áudio, ouvir áudio fora do chat, formatação de mensagem, bloqueio com senha, etc.

Qual o ponto aqui? Na verdade as pessoas não comentam, ou fazem debate sobre esse ou aquele recurso, sendo útil ou não. Elas simplesmente começam a usá-lo em massa, bastando estar disponível no WhatsApp. As pessoas (a maioria) nem percebem a necessidade de algumas funcionalidades até que cheguem no app.

E já que estamos falando de grupos com milhares de pessoas, eu vim descobrir que um montão de gente está à mercê disso, quando, recentemente, o Telegram foi alvo de possível bloqueio, e um dos grupos BR de livros que faço parte, com mais de 3k membros noticiou que continuaria as atividades pelo WhatsApp. Resultado: quase todos os grupos que haviam criado estavam lotados. Mais de 10 deles. Mó sacrifício pra entrar em algum.

3 curtidas

Curioso como é só mencionar o atual presidente que aparece sempre as mesmas pessoas se manifestando, sempre defendendo as mesmas ideias que ele e acusando o póbi do Pedro.

Inclusive vivem reclamando de postagens desse cunho aqui, mas estão sempre dando engajamento.

4 curtidas

Se sem fazer nada já chamam ele de genocida/ditador/fascista/taxista imagina se fizesse kkkkkkkkk!!!

1 curtida

Tentando ser isento aqui… Ficaram algumas perguntas:

  1. Eu imagino que, se é um “acordo”, então não é uma “ordem”. A diferença entre um acordo e uma ordem é que o acordo é voluntário, e a ordem é compulsória.

  2. Que “acordo” é esse? O Whatsapp se comprometeu a não lançar uma funcionalidade no Brasil… Em troca de quê? Qual vantagem o TSE vai conceder ao Whatsapp em troca disso? Eu não entendi a motivação do Whatsapp em entrar em um “acordo” com o TSE. Eu entenderia se o Whatsapp estivesse acatando uma ordem, mas não entendo ele estar aceitando um acordo, que, aparentemente, não tem contra-partida por parte do TSE.

  3. Sendo um acordo voluntário portanto, e não uma determinação judicial, o que o Bonoro acha que pode fazer para “convencer” o Whatsapp a lançar a tal funcionalidade? Vai obrigar o Whatsapp a lançar funcionalidade X ou Y? Tem base legal pra isso?

1 curtida

Não precisa ter uma “vantagem” pro Whatsapp (pra Meta, na vdd), pelo menos nada específico ou a curto prazo.
Mas um dia eles talvez precisem da ajuda de alguns ‘amigos’ pra resolver algo aqui, aliviar acolá…

1 curtida

ou evitar ser bloqueado (como já foi, e como o Telegram quase foi há pouco tempo)
ou evitar ser acusado de nocivo como o Facebook (a rede social) foi no caso da Cambridge Analytica, lembrando que a Meta está passando por uma rebrand.

1 curtida

Acho que o maior problema do WhatsApp é que ele virou uma coisa que nunca foi feita pra ser.
O app que foi feito pra substituir o SMS pra vc se comunicar com sua família e amigos tá virando um megazord de SMS + OXL + Snapchat + iFood + Orkut.

Pra mim qualquer grupo de mensagem com mais de 20 pessoas é inútil, pq 90% vai silenciar e vira um twitter da vida com todo mundo falando e ninguem ouvindo. É o mesmo conceito de uma conversa no mundo real, existe um limite máximo de pessoas em uma roda conversando juntos antes de começarem a surgir minigrupos com conversas paralelas, o mesmo se aplica ao mundo digital.

Criar um grupo de 200 pessoas no Wa é a mesma coisa que colocar 200 pessoas em um espaço e esperar que todos vão falar do mesmo assunto de maneira unificada. Mais do que isso é discord (onde da pra separar os chats), alguma rede social ou se for pra trabalho WorkSpace, Teams or Slack.

3 curtidas

São coisas totalmente diferentes, do conteúdo dessa matéria com termos que ele ganhou durante o governo.

Do whatsapp está bem claro que é de interesse pessoal dele.

do genocida sobre a vacina, é que ele tinha obrigação de comprar a vacina, e ele não fez, e se recusou a comprar (ele realmente falou que não ia comprar e que estava sentando em cima do cheque, isso foram palavras dele que se comprovou com os e-mails da Pfizer), e somente comprou por causa do Doria que trouxe a dele. Até o ex presidente dos Estados Unidos, Trump, comprou vacinas, escondido, mas comprou, tudo que é vacina, até as que não foram autorizadas pelo CDC, comprou e deixou estocada, 30 milhoes de vacinas da AstraZeneca que o próximo presidente doou ao mundo numa forma de melhorar a imagem, mas doou

fascista ou genocida foi das perseguições políticas que ele fez e dos integrantes do governo dele fez contra as pessoas que discordavam politicamente, isso é bem claro também, o casso do dossiê e as perseguições políticas, Felipe Neto mesmo que eu vi foram duas vezes.

Taxista, essa eu não vi

Do Whatssapp ele não tem o que fazer, nem se ele quisesse, por dois motivos, primeiro não tem lei, o segundo ele vai recorrer ao judiciário, logo quem foi que fez o acordo.

E se eu estivesse no lugar do Whatsapp, também não faria um acordo com ele, o cara é considerado um paria internacional por não respeitar leis de direitos humanos e ambientais, e por ser um risco a democracia no próprio governo, eu somente marcaria a reunião, ouvia, e falava não ou informava ao CEO

2 curtidas