Banco Central planeja lançar cartão Pix para pagamentos offline

2 Likes

Adeus cartão de debito e suas taxas :joy: :joy: :joy:

7 Likes

Quanto aos questionamentos sobre limite e senhas, creio que deva funcionar similar a outros cartões, até pela natureza pre paga.

Seria interessante lançarem a versão para usar com carteiras digitais; Apple Pay e Android pay. Nesse caso o limite passa a ser automatizado, conforme você frequenta os lugares esses pontos vão ganhando relevância e a exigência de senhas animar faz necessário.

Aka Cartão de débito sem taxas.

Mas tem poucos cartões débito com taxa. Bradesco, Itaú, Banco do Brasil, Santander todos tem um sem taxa.

1 Like

não pro lojista, alguns fazem distinção em pagar no dinheiro/transferência bancaria e com cartão de debito e pior no de crédito. Pode não parecer muito, mas estamos falando de taxas de até 2%, o que faz diferença no fim do mês.

1 Like

A idéia é boa por tlvz ajudar a reduzir taxas pros lojistas; mas eu temo tbm que o BACEN acabe “banalizando” o PIX, e com isso ele perca sua essência e principal conceito, pq se deixar daqui a pouco o banco central lança até “PIX documento”.

Mas a essência do pix sempre foi substituir todas as outras formas de pagamento e transferência, não vejo onde um cartão pix vá contra a essência dele. Ainda tá por vim o pix garantido que funciona como se fosse um cartão de crédito.

Na verdade originalmente o PIX foi anunciado como uma solução para facilitar a transferência de dinheiro (seja substituindo o TED/TEF/DOC), e para reduzir ou zerar taxas para pagamentos, comparado a usadas pelas máquinas, além de simplificar e agilizar o pagamento de boletos.
Soluções para cartões, financiamento, e saques baseadas em PIX foram inventadas depois.

Mas cartões de debito não é uma forma de transferência de dinheiro? onde isso não se enquadra na proposta inicial de transferir dinheiro?

Este tópico foi automaticamente fechado após 92 dias. Novas respostas não são mais permitidas.