Asus ROG Phone 6 e 6 Pro são oficiais com tela de 165 Hz e até 18 GB de RAM

Continuo não conseguindo ver sentido pra celulares assim existirem. Por esse valor eu iria de console da geração atual sem pensar duas vezes.

São propostas diferentes, pra segmentos gamers nem tão diferentes assim. Smartphone todos precisam ter, acho que todos concordamos nisso. Smartphone gamer no entanto não é para todos, é pra quem realmente abraça a era mobile e quer ter o máximo de conforto na hora de se divertir.

Se fosse fazer uma análise nesse aparelho, a única coisa que diferiria ele de outro smartphone tradicional, são os AirTriggers e suporte nativo a acessórios. Porém o core ainda continuaria sendo o Android modificado, oferecendo um leque grande de customização e foco em quem joga. Se migrar para a interface do zenfone que eles oferecem, praticamente deixa ele igual a qualquer outro aparelho Android. É claro, pra ser gamer tem que ter pisca pisca cafona e aqueles rabiscos de linhas na carcaça, pra dar uma aparência diferentona. E bom, é isso que esse público busca.

A Asus conseguiu sair de empresa que vendia intermediário, para referência em smartphone topo de linha para o público gamer, então ser caro é um dano colateral previsto, é uma estratégia que tem funcionado pra eles.

Eu nem jogo muito, mas sempre fico interessado no Rog Phone por conta da bateria generosa e som estéreo frontal.
O problema é a câmera.

1 curtida

Eu gosto desses rabiscos, desenhos ou estampas em celulares.

Da um toque de personalidade, coisa que falta no mercado que é tudo igual ou padronizado.

O mercado é muito restrito, muito padronizado, não sei como as pessoas aguenta. E a Asus é uma das poucas marcas que da essa liberdade para os designs criar no visual.

2 curtidas

Esse preto está lindo.

sempre babei por esses ROG, mas nunca tive coragem de pagar tudo isso num telefone.