Apple e Samsung são acusadas de dificultar acesso a peças para conserto

“A Apple da Califórnia para de oferecer serviços [de reparo] depois de 7 anos, e a Apple tem galpões cheios de partes avulsas que, em vez de venderem em marketplaces — em que alguém como eu com certeza teria comprado —, eles pagam uma empresa de reciclagem para destruí-las.”

E certeza que muitos consumidores que procuraram as peças de reparo em autorizadas levaram a desculpa de que “a peça está em falta” ou “é melhor comprar um novo”

6 curtidas

Eu tinha vontade de ter um Macbook antes do retina pois tinha a possibilidade de upgrade de processador e memória, depois do retina essa vontade passou até agora com o M1, porém fico pensando 2x pois sei que 8GB é MUITO POUCA RAM pra hoje em dia e é o que vem nos Macbook Air e que caso compre no futuro um, vou passar raiva pela falta de RAM deles.

Ai junta-se a isso a impossibilidade de uma manutenção em caso de problemas fora da autorizada que custa uma fortuna o que acaba desanimando novamente quando se pensa que mesmo usado um Macbook M1 daqui 1 ou 2 anos vai tá na faixa dos 5 mil reais. =(

1 curtida

Cara, muito ou pouco de memória RAM é bem relativo…tudo vai depender do que vc vai precisar fazer. 8Gb de RAM é o mínimo hoje em dia, qualquer coisa menor dso que isso nem vale a compra.

É só dar uma olhada no desempenho do M1 comparado com Windows Gamers com 16GB de RAM. Pessoal que faz edição de video está comentando que consegue editar videos em até 4K sem gargalo. Muito disso graças a arquitetura ARM.

Eu acho mais fácil passar raiva pelo valor que teria que investir para comprar um do que devido a problema de processamento de informação. Mais GB de RAM não, necessariamente, significa mais poder de processamento. Se fosse assim eu garanto que a Apple não estaria vendendo notebook com 8GB de RAM.

E acho bem dificil você encontrar macbook air M1 daqui a dois naos, que seja, por esse valor que vc comentou. Ainda mais que todo mundo acha que pode inflacionar seu produto só por causa da maçã na tampa, na traseira ou memso na testa de alguns. Sugiro dar uma olhada na OLX para vc ver o horror que é tentar comprar alguma coisa usada da maçã.

3 curtidas

Sempre que vou comprar algo, dou uma olhada no iFixit, pois costumo usar meus eletrônicos até estragar definitivamente.

Se tem uma nota de reparabilidade ruim, procuro algum equivalente com nota melhor.
No caso de smartphones, também pesquiso se tem suporte as custom roms mais comuns, tipo Lineage OS.

Mas, sei que eu sou exceção e não regra, por isso essas empresas deitam e rolam em dinheiro.

2 curtidas

A Apple é especialista em ferrar os clientes. Vendem esse “pós-vendas” mágico, que na verdade não existe.

1 curtida

Você mesmo acabou de falar, 8GB de RAM é o mínimo para se usar um sistema hoje em dia e é o máximo que você vai ter nesse notebook pelo resto da vida! Se desse pra trocar esse 8GB por 16GB no futuro é uma coisa, porém ficar preso a 8GB que hoje é o mínimo para sempre em um mundo onde sites consomem cada vez mais recursos, assim como o SO se torna complicado. =(

O processador é sensacional, porém se não tem RAM O suficiente para multi tarefas você via fazer algo voando 1 aplicativo por vez… =(

2 curtidas

Man, tudo vai depender de como você vai usar. As vezes, dependendo do seu uso, não justifica aumentar a RAM. Meu notebook pessoal tem 8GB que eu até posso fazer upgrade, mas esses mesmos 8GB de RAM me atendem perfeitamente.

Eu acredito que, para a maior parte das pessoas que acham que precisam de mais, na verdade não precisam. No trabalho mesmo eu uso um notebook com 8GB de RAM, processador de sétima geração I5, e SSD M.2 de 256 GB. Eu trabalho com planilhas pesadas, algumas abas do chrome abertas, sistema SAP, bancos, office, incluindo o outlook, fora outros programas mais leves, e ele da super conta do recado, ou seja, do multi tarefa.

Eu continuo batendo na mesma tecla de que, muito ou pouco de memória RAM é bem relativo, e está atrelado ao uso de cada um.

Sim cara, porém um notebook de 8 mil reais ou mais, tem que se pagar em pelo menos 5 ou 6 anos, pelo menos para mim! E se hoje 8GB é o mínimo recomendado, daqui a 3 ou 4 anos, pode se tornar pouco e eu ficar refem disso. Por isso que em notebook onde upgrade é complicado, temos que pensar lá na frente e já comprar pensando que no futuro será pouco!

O mesmo vale para o Macbook que vinha com 4GB de RAM alguns anos atrás, era o mínimo necessário e hoje não da nem pra usar…

Infelimente não da para ter tudo com o ciclo de inovação na tecnologia. Eu concordo com você que pelo valor que é cobrado por um aparelho com esse, você deveria poder customizar o que vc quisesse, e ainda assim é complicado olhar para um valord e 8 mil reais em um notebook.
De qualquer forma, para que ele seja super fino, portátil e te permita usá-lo, até mesmo, em ambientes super apertados, é necessário pensar em alguma questões e abrir mão de outras. Infelizmente não dá apra ter tudo.
Visando a portabilidade, esse foi o meio que foi encontrado. Mas acho dificil, se tratando de um apple, você ter qualquer tipo de problema com hardware desatualizado daqui a 3 ou 4 anos e ter a necessidade de trocar. Esse é o tempo “curto” é de windows.
MAc no geral é todo pensando e construido pensando na sintonia do software com o hardware, o que já não acontece com o windows, e é por isso que vc ve Mac de 8GB de RAM passando a rasteira em windows com 16GB ou mais,
Windows tenta compensar essa falta de sintonia torando de RAM em alguns casos, mas essa acaba não sendo a resposta.

1 curtida

Discordo! O problema são as ferramentas que usamos e o navegador! Antigamente o Chrome rodava com 256MB de RAM com 1 aba aberta (logo quando lançou), hoje em dia cada aba aberta devido a porrada de javascript rodando do lado do cliente, se usar menos de 300MB você tá com sorte (até sites básicos de single page tá dessa forma)…

Ai quem como eu trabalha com infra e devops, preciso rodar alguma coisa mais pesada um pouco, 8GB de RAM não da nem pra o cheiro. =(

1 curtida