Anatel quer internet fixa com 150 Mb/s de velocidade média até 2023

Não que uma coisa invalide outra, mas é uma piada querer 91% da população conectada via internet fixa, enquanto 48% da população não tem coleta de esgoto e 35 milhões nem água tratada.

5 Curtidas

Vivo fibra eu não tenho o que reclamar, raramente cai e geralmente entrega perto dos 100% da banda.

Agora GVT era só começar a chover que a internet caia.

2 Curtidas

de que aparelhos vc ta falando exatamente?

Tenho Vivo fibra a uns 5 anos e não tenho o que reclamar, já a da “Net” que virou Claro era só dor de cabeça.

depois de milenios esperando, a Vivo Fibra só chegou agora aqui no meu bairro. Já a NET já tem fibra aqui há muitos anos. É realmente complicado

Possivelmente ele está falando do Wi-Fi 5Ghz e/ou roteadores com porta 10/100/1000.

1 Curtida

bender_laughing.gif

ah mas ai sao outros 500. Um problema de cada vez, rs.
Por isso aqui em casa todos os aparelhos são conectados via cabo, menos os celulares, obviamente.

1 Curtida

O subtitulo ali que ficou ambíguo, acho que não foi a meta da Anatel.

Banda larga fixa são 57% das casas a meta, e os 91% é de pessoas conectadas independente da forma ou velocidade, já que o texto fala: " e aumentar o percentual da população conectada de 74,68% para 91%.", um aumento de 16 pp, algo ambicioso, mas não me parece impossível.

Esse objetivo traz como meta “Ampliar o acesso à internet em banda larga para os domicílios brasileiros de 74,68% para 91,00%”, além das metas regionalizadas, conforme
a seguir:

Página 22 do Planejamento Estratégico linkado no final da matéria.

Fui da uma lida no documento.

A Anatel na pagina 11 define banda larga móvel: “A participação dos acessos providos por tecnologias que suportam a banda larga móvel – como LTE e WCDMA”.

então presumo que esses 91% sejam a soma de banda larga fixa + banda larga móvel, já que em outras partes ela cita porcentagem de banda larga fixa de 46,82%, um valor bem longe desses 74,68% que falar que é o atual de domicílios com acesso a banda larga.

O que me chama atenção é o gasto médio de internet com fibra. Hoje passa dos R$99 para novos contratos, quando você olha os lucros das operadoras, logo esse valor parece injusto.

1 Curtida

Esse documento não passou por nenhuma revisão. :joy:

Na página 18, cita que 67% dos domicílios possuem acesso à internet (sem distinção). Logo abaixo ele classifica que 62% desses 67% são fixa, enquanto 27% móvel.

A banda larga fixa (a cabo, DSL, via rádio ou via satélite) segue sendo o tipo de cone-
xão mais comum no país (62%).

A Claro está com a tecnologia coringa na mão. O HFC (DOCSIS) está em evolução, atualmente no 4.0. Nas novas praças ela está entrando em FTTH mas nas atuais (até 2018) ela continua com HFC e continuará com ele até exaurir todo o espectro do cabo coaxial. Já se pode transportar 10gbps/6gbps no protocolo 4.0, considerando que o GPON são 2.5gbps/1.25gbps, a Claro pode muito bem continuar usando o cabo tranquilamente. Vide EUA que quase todo o país usa Coaxial em detrimento da fibra.

Mas não depende só da Anatel querer. Tem muita coisa que precisa ser mudada…

Ex.: preço mais acessivel, menos palhaçadas vindas da Vivo e alguns lugares precisam atualizar o armário de telefone…

aqui ainda cai nos primeiros pingos! kkkkk

Mas não dá 1’ e volta ao normal.

Na verdade, é mais ignorância ou má-fé dos provedores de internet.
Olhe as velocidades do provedor regional que atende meu bairro (outra opção é vivo na m-r-a com speedy de até 2 Mbps). E é fibra até o modem do cliente, em outras palavras FTTH.
(válido até dezembro/2019)
Download / Upload / Preço
6 / 1,4 / 69.90
10 / 1,8 / 89,90
13 / 2.2 / 104,90
17 / 2,5 / 134,90
20 / 3,1 / 159,90

Em janeiro/2020 alteraram os planos e valores, mas não tenho a tabela completa pois se negam a alterar meu plano (haveria redução de preço mas com aumento de velocidade).

Até questionei sobre contratar um 10/5 ou um 6/6, mas aí o provedor queria cobrar 250 reais mensais pois exigiria uma “fibra de melhor qualidade” e um “modem mais parrudo”.

Mas oq a Anatel tem a ver com a coleta de esgoto?

são órgãos totalmente diferentes…

Uma família que não tem coleta de esgoto ou água encanada, não é simplesmente porque ela não quer ter.

Essas pessoas vivem em situação de extrema pobreza. Elas não podem pagar 100, 80 ou até mesmo 50 reais por mês pra ter o luxo de uma internet, porque muitas vezes elas não tem um pacote de arroz e feijão para comer.

É óbvio que a Anatel não tem nada a ver com saneamento básico, mas numa analogia, é como se ela chegasse em um açougue e pedisse pães. Ou seja, é uma meta impossível de cumprir.

2 Curtidas

Por quê? Na maioria das cidades do interior pelo menos já tem fibras locais. Aqui na minha com menos de 50k de habitantes tem fibras (duas empresas) de até 300Mbps.