Alguém sabe me explicar como um simples clip de papel consegue funcionar como antena de TV?

Gente, descobri, num grupo do telegram, que um clipe de papel é capaz de funcionar como antena de TV.

Pensei que isso era mentira, mas, realmente, funcionou.

Não usava antena em minha TV. Coloquei o bendito clipe e agora tenho uma antena de graça.

Alguém sabe explicar essa “mágica”?

Sinal é forte na sua região, clipe de metal capta da mesma forma que a antena capta. Nada de novo, isso existe desde que o sinal digital foi lançado.

2 curtidas

Descobri isso agora. Kkkk

1 curtida

Simples: uma antena é nada mais q um pedaço de metal que conduz eletricidade.

Quando vc excita um fio com uma corrente e frequência X, tem resultado uma onda eletromagnética. Essa onda está em todo local e excita outros metais da região… os elétrons desse fiozinho estão se movimentando e a sua TV tem amplificadores que conseguem amplificar e detectar as mínimas variações.

Essencialmente a única diferença de uma antena de verdade pra um fiozinho é porque uma antena de verdade utiliza vários conceitos da física pra isolar e maximizar somente ondas eletromagnéticas q lhe interessam e estão no ambiente.

5 curtidas

Não eram ondas elétromagnéticas?

A passagem de eletricidade em um fio resulta num campo magnético. O campo magnético, por sua vez, resulta num campo elétrico.

Juntando as duas temos as ondas eletromagnéticas haha

2 curtidas

existe ainda um potencializador de tudo isso, mais conhecido como bombril.

3 curtidas

Lembrei dos tempos das TVs de tubo.

O clip de papel é uma antena bem ruim pra falar a verdade. Você deve ter a sorte de estar em um local com sinal forte.

Existe um negócio chamado “comprimento de onda”. Dependendo da frequência do sinal, o comprimento de onda muda.

Para a TV Digital, funciona entre 470 e 890 MHz (frequência UHF).

Normalmente as antenas são otimizadas para trabalhar na frequência que fica no meio da faixa de frequência onde ela vai ser usada.

Então entre 470 e 890 MHz , você tem uma faixa de 420 MHz (890 - 470 = 420). Metade disso é 210. Portanto a frequência ideal da antena é de 470 + 210, ou seja, 680 Mhz.

Agora fica fácil de calcular. O comprimento de onda da frequência de 680 MHz é 44,1 cm.

Você pode fazer uma antena “full wavelength” apenas cortando um pedaço de fio de 44,1 cm e colocando na TV (deixe um pouco mais, para poder fazer o conector Coaxial).

Ou você pode fazer antenas de 1/2 wavelength, ou 1/4 wavelength (que são as mais comuns), e até 1/8. Elas tem respectivamente metade do comprimento de onda, um quarto do comprimento de onda, e um oitavo de comprimento de onda.

Neste caso, uma antena de 1/4 de comprimento de onda teria mais ou menos 10,5 cm, considerando o fator de velocidade do metal de que a antena é feito (provavelmente alumínio) de 0.95.

Existem várias calculadoras online pra calcular comprimento de onda e tamanho ideal para antenas de todos os tipos (monopole, ground plane, patch, etc). É só procurar no google por “Antenna calculator” que você vai achar vários.

2 curtidas

Eu sei dessa gambiarra desde sempre. Mas hoje em dia uma antena custa 15R$ e em lojas oficiais.

Eu também, já usei fio desencapado de antena, clips, grampo de cabelo, sempre tive essa noção que qualquer coisa metálica/condutora serviria de antena kkkkkkkk

Poucas vezes me senti tão burro lendo alguma coisa, como me senti lendo esse comentário :sweat_smile: