Ainda vale a pena comprar um MacBook usado com chip Intel?

Eu acho que vale apena sim adquirir um usado, tem modelos usado em perfeitas condi√ß√Ķes, comprar um 2015 com configura√ß√£o m√°xima √© neg√≥cio. Referente ao sistema existe alternativa, como instala√ß√£o do novo sistema via OpenCore ou Patched. Um MBP 2012 roda o macOS 12 via OpenCore, pois a Apple manteve o suporte a API metal.

Um amigo insiste em usar um Macbook pra gravação de audio, mas o computador tá um gargalo desgraçado (acho que ainda usa DDR3). Não entende que precisa vender e render-se as alternativas com Windows.

Eu achei que com o lançamento do Macbook com M1 o preço dos Macbooks com Intel iriam cair e eu poderia comprar um usado sem pagar tão caro, mas me enganei, os preços continuam altos.
Um Macbook Air M1 importado está valendo muito a pena, tem Macbook Pro usado com Intel sendo vendido por praticamente o dobro do preço.

1 curtida

O mercado de usados da Apple ainda pode ser bem interessante para quem conseguir achar uma bom pechincha, mas √© fato que cada vez mais op√ß√Ķes com M1 ou sucessores ser√° mais recomendado para performance e longevidade do aparelho.

Quanto a uma das maiores vantagens de Macs Intel que ficou faltando na matéria é a possibilidade de rodar Windows x86 via Dualboot, um diferencial interessante para quem precisa do SO rival.

1 curtida

Eu vejo que para uma pessoa que realiza tarefas normais e n√£o faz tanta quest√£o de autonomia energ√©tica das novas vers√Ķes, pouco importa os ‚Äúdesempenho a mais‚Ä̂ĶPelo menos no meu entorno, usu√°rios de MAC s√£o profissionais advogados, administradores e m√©dicos‚ĶEsses tirando talvez um benef√≠cio em autonomia, de resto nesse primeiro momento podem √© ter preju√≠zos com incompatibilidades! Ex: certifica√ß√£o digital em tribunais‚Ķ

Eu nunca fui f√£ do CxB dos Macs.

Fiz v√°rios hackintoshs para clientes e amigos, os √ļltimos com o Ideapad S145, que fica excelente e custa uma fra√ß√£o de um Mac usado.

Eu n√£o sou muito f√£ de hackintoshs para notebooks, pois o resultado final fica mais em rodar um SO da Apple do que realmente dispensar um Macbook.

Afinal, hoje no mercado dificilmente voc√™ ir√° achar uma alternativa com design similar e que tire melhor performance sem ter bugs ou precisar fazer modifica√ß√Ķes nas pe√ßas.

Em desktops você realmente tem um bom custo benefício, já que montar um PC pode sair bem mais barato, e você tem mais controle do hardware para reduzir incompatibilidades.

Macbooks Intel tem uma vantagem para uso por mais tempo ainda do que os M1, se eles deixarem de serem suportados pela Apple basta meter um Windows ou um Linux e eles voltam a serem plenamente utilizáveis. Nem sempre trocar o OS faz sentido, porém a depender do desempenho que se espera do PC com o macOS, trocar o OS ajuda DEMAIS!

1 curtida

No modelo citado, o S145, a √ļnica coisa alterada √© a placa de wi-fi.

O objetivo é Custo x Benefício. Design é secundário nesse caso.
Usei por um bom tempo um T420 com hackintosh, e nunca deu nenhum bug, assim como os que fiz nos S145. Todos estão rodando tranquilo, sem nenhum tipo de falha, e com a mesma performance dos MacBooks com Intel equivalente, mas custando 1/4 do preço.

Não é um negócio pra todo mundo, já que precisa de um pouco de conhecimento. Eu faço para quem depende do MacOS, principalmente para desenvolvimento, mas não tem como pagar 5k em um note usado, ou 2k em um Mac com C2D e desempenho sofrível.

1 curtida

Este tópico foi automaticamente fechado após 92 dias. Novas respostas não são mais permitidas.